Quarta-feira, 23 de Dezembro de 2009

Foi um dos melhores jogadores escoseses da história. E um dos seus mais brilhantes técnicos. Durante 25 anos viveu as mais distintas experiências mas sempre deixando o seu selo pessoal. Thomas "Tommy" Docherty foi um dos primeiros managers trotamundos numa era onde os técnicos se fidelizavam para a vida num só ninho.

 

Nasceu a 24 de Abril de 1928 e ainda hoje vive na sua Glasgow natal. Desde sempre que sonhou com uma bola de futebol e depois de sobreviver ao temivel desembarque de Anzio voltou a casa com vontade de começar uma carreira profissional depois de se ter revelado como uma das estrelas da selecção militar. Começou no Celtic, o clube dos seus amores, em 1947 mas rapidamente foi transferido para o histórico Preston North End. Aí esteve durante 10 largos anos onde apontou 10 golos em mais de 300 jogos. Disputou em 1954 a final da FA Cup e durante a sua estadia em Inglaterra tornou-se internacional pelo seu país. Chegou às 25 internacionalizações, sendo a última no Mundial de 1958 na Suécia onde foi um dos elementos mais destacados do Scotish Army. Depois de passar três épocas no Arsenal, Tommy Doc, como carinhosamente lhe chamavam, mudou-se para o Chelsea para assumir a função de treinador-jogador. Começou assim uma longa carreira repleta de inesperados desafios. Em Stanford Bridge o técnico herdou uma equipa de primeiro nível mas envelhecida e não evitou a despromoção. No entanto a direcção continuar a confiar nele e durante o ano que passou na Second Division o técnico montou um onze repleto de vários talentos futuros como Terry Venables, Peter Bonetti e Barry Bridges. A equipa subiu de divisão e no primeiro ano de volta aos grandes terminou no quinto posto. Na época seguinte fechou a classificação em terceiro lugar e venceu a League Cup diante do Leicester. A derrota diante do Manchester United, num jogo em que Docherty não contou com os seus melhores jogadores por motivos disciplinares marcou um antes e um depois na sua carreira. A direcção tentou despedi-lo mas os adeptos não o permitiram. O técnico ficou um ano mais onde terminou nas meias-finais da Taça das Feiras e a FA Cup mas acabou a liga a 10 pontos do campeão. Docherty partiu de Stanford Bridge. O seu sucessor, Dave Sexton, aproveitou o labor dos Docherty Diamonds e nesse ano venceu a FA Cup e a Taça das Taças.

 

Depois de rápidas passagens pelo Rochester, Queen`s Park Rangers e Aston Villa onde nunca durou vários meses por problemas com as sucessivas direcções, Tommy Docherty aceitou um desafio pouco habitual nos treinadores britânicos da sua geração: rumar ao estrangeiro.

O seu destino acabou por ser Portugal e mais concretamente o FC Porto. A equipa azul e branca vivia em guerra interna depois da exclusão de José Maria Pedroto pelo presidente Pinto de Magalhães. O técnico aceitou o desafio mas viveu apenas cinco meses na Invicta. Tempo suficiente para reparar em Pavão e deixar saudades entre os jogadores. O problema era, essencialmente, que nessa época o clube azul-e-branco vivia uma grave crise institucional e os técnicos sucediam-se a velocidade de cruzeiro. Rapidamente voltou às ilhas onde assumiu o posto de seleccionador escocês. Em 1972 o Manchester United vivia a crise do final dos Busby Babes e os dirigentes procuravam um sucessor para o mitico técnico depois da má experiência com Frank O´Farrell. A sua escolha foi polémica mas revelou-se acertada. Na primeira época a equipa garantiu a manutenção a duas jornadas do fim mas no ano seguinte acabou despromovida graças a um golo no último minuto de Dennis Law, entretanto ao serviço do rival Manchester City. Foi a oportunidade de ouro para Docherty renovar o envelhecido conjunto de Old Trafford. Gorada a transferência de Pavão, o técnico contratou para o clube vários jovens jogadores como Steve Coppell, Brian Greenhoff e Lou Macari. A equipa subiu rapidamente de divisão e chegou à final da FA Cup, sendo surpreendentemente derrotada pelo Southampton. No ano seguinte voltou a Wembley para desta feita derrotar o todo poderoso Liverpool. 

 

Em 1977 Docherty anunciou que a sua equipa estava disposta a lutar pelo titulo contra o Liverpool. Os red devils tinham amadurecido e apresentavam um conjunto sólido. Mas a divulgação na imprensa de que o técnico mantinha há um ano uma relação extra-conjugal com a mulher de um dos directivos provocou o seu despedimento imediato. Os adeptos protestaram mas a decisão foi irrevogável. Apesar de apenas ter logrado um título, Tommy Doc tornou-se na grande referência em Old Trafford até ao ano da chegada de Alex Ferguson. Depois do abrupto despedimento o técnico tomou o lugar de David Mackay no Derby County onde fez duas épocas tranquilas. Em 1979 aceitou o desafio de voltar ao Queens Park Rangers mas acabou despedido na pré-época por problemas com a mulher de um dos jogadores. Nove dias depois foi readmitido e o jogador que o denunciou dispensado. No final do ano voltou a ser despedido o que levou a sair de novo de Inglaterra, orientando durante dois anos o Sydney Olympic na Austrália. Depois da bem sucedida experiência volta a casa para orientar o Preston North End por um breve periodo, antes de voltar à Austrália. A polémica carreira terminaria quatro anos depois, numa era onde os seus problemas com os directivos impediam os grandes clubes de o contratarem.

 

Docherty era um motivador nato e perito em descobrir jovens jogadores. Apesar dos seus problemas fora dos relvados o terem impedido de atingir outros patamares, as suas largas etapas no Chelsea e Manchester United permitiram analisar o trabalho de um criador de equipas a partir do nada. Curiosamente os louros acabariam recolhidos pelo homem que lhe sucedeu nos dois casos, Dave Sexton. Mas para a história ficou Docherty, um desses técnicos que só podia ter nascido nas verdes ilhas britânicas. 



publicado por Miguel Lourenço Pereira às 15:38 | link do post

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.O Autor

Miguel Lourenço Pereira

Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


Ultimas Actualizações

Toni Kroos, el Maestro In...

Portugal, começar de novo...

O circo português

Porta de entrada a outro ...

Os génios malditos alemãe...

Últimos Comentários
Thank you for some other informative web site. Whe...
Só espero que os Merengues consigam levar a melhor...
O Universo do Desporto é um projeto com quase cinc...
ManostaxxGerador Automatico de ideias para topicos...
ManostaxxSaiba onde estão os seus filhos, esposo/a...
Posts mais comentados
69 comentários
64 comentários
47 comentários
arquivos

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

.Em Destaque


UEFA Champions League

UEFA Europe League

Liga Sagres

Premier League

La Liga

Serie A

Bundesliga

Ligue 1
.Do Autor
Cinema
.Blogs Futebol
4-4-2
4-3-3
Brigada Azul
Busca Talentos
Catenaccio
Descubre Promesas
Desporto e Lazer Online
El Enganche
El Fichaje Estrella
Finta e Remate
Futebol Artte
Futebolar
Futebolês
Futebol Finance
Futebol PT
Futebol Total
Jogo de Área
Jogo Directo
Las Claves de Johan Cruyff
Lateral Esquerdo
Livre Indirecto
Ojeador Internacional
Olheiros.net
Olheiros Ao Serviço
O Mais Credível
Perlas del Futbol
Planeta de Futebol
Portistas de Bancada
Porto em Formação
Primeiro Toque
Reflexão Portista
Relvado
Treinador de Futebol
Ze do Boné
Zero Zero

Outros Blogs...

A Flauta Mágica
A Cidade Surpreendente
Avesso dos Ponteiros
Despertar da Mente
E Deus Criou a Mulher
Renovar o Porto
My SenSeS
.Futebol Nacional

ORGANISMOS
Federeção Portuguesa Futebol
APAF
ANTF
Sindicato Jogadores

CLUBES
Futebol Clube do Porto
Sporting CP
SL Benfica
SC Braga
Nacional Madeira
Maritimo SC
Vitória SC
Leixões
Vitoria Setúbal
Paços de Ferreira
União de Leiria
Olhanense
Académica Coimbra
Belenenses
Naval 1 de Maio
Rio Ave
.Imprensa

IMPRENSA PORTUGUESA DESPORTIVA
O Jogo
A Bola
Record
Infordesporto
Mais Futebol

IMPRENSA PORTUGUESA GENERALISTA
Publico
Jornal de Noticias
Diario de Noticias

TV PORTUGUESA
RTP
SIC
TVI
Sport TV
Golo TV

RADIOS PORTUGUESAS
TSF
Rádio Renascença
Antena 1


INGLATERRA
Times
Evening Standard
World Soccer
BBC
Sky News
ITV
Manchester United Live Stream

FRANÇA
France Football
Onze
L´Equipe
Le Monde
Liberation

ITALIA
Gazzeta dello Sport
Corriere dello Sport

ESPANHA
Marca
As
Mundo Deportivo
Sport
El Mundo
El Pais
La Vanguardia
Don Balon

ALEMANHA
Kicker

BRASIL
Globo
Gazeta Esportiva
Categorias

a gloriosa era dos managers

a historia dos mundiais

adeptos

africa

alemanha

america do sul

analise

argentina

artistas

balon d´or

barcelona

bayern munchen

biografias

bota de ouro

braga

brasileirão

bundesliga

calcio

can

champions league

colaboraçoes

copa america

corrupção

curiosidades

defesas

dinamarca

economia

em jogo

entrevistas

equipamentos

eredevise

espanha

euro 2008

euro 2012

euro sub21

euro2016

europe league

europeus

extremos

fc porto

fifa

fifa award

finanças

formação

futebol internacional

futebol magazine

futebol nacional

futebol portugues

goleadores

guarda-redes

historia

historicos

jovens promessas

la liga

liga belga

liga escocesa

liga espanhola

liga europa

liga sagres

liga ucraniana

liga vitalis

ligas europeias

ligue 1

livros

manchester united

medios

mercado

mundiais

mundial 2010

mundial 2014

mundial 2018/2022

mundial de clubes

mundial sub-20

noites europeias

nostalgia

obituário

onze do ano

opinião

polemica

politica

portugal

premier league

premios

real madrid

santuários

seleção

selecções

serie a

sl benfica

sociedade

south africa stop

sporting

taça confederações

taça portugal

taça uefa

tactica

treinadores

treino

ucrania

uefa

todas as tags

subscrever feeds