Sábado, 24 de Outubro de 2009

Nos últimos anos tornou-se notícia constante dos pequenos quadradinhos que enchem os cantos dos jornais. Um final indigno para um dos mais letais avançados dos últimos 20 anos. Percorreu meio mundo e atrás deixou uma lista de golos inesquecíveis. Christian Vieri decide parar. De vez!

Para os mais distraídos há largos anos que Vieri deixou o futebol. São os que não leram sobre as suas passagens aceleradas por uma série de clubes onde, por vezes, não sequer chegou a calçar as chuteiras. Os mais atentos sabiam que o mitico avançado que quase deu à AS Lazio um titulo histórico continua por aí, a vaguear pelos relvados europeus, sabendo que os melhores dias já tinham passado. E que dias. Durante uma década foi um dos avançados mais temidos dos relvados europeus. É dos poucos que se podem gabar em ter sido Pichichi e Capocannonieri na sua carreira. E é que o mais dificil foi descobrir Vieri mais de um ano no mesmo sítio.

 

O avançado que nasceu em Bologna em Julho de 1973 começou a sua carreira no Torino no final dos anos 80. Em 1991 fez a sua estreia pela equipa principal do Toro Negro mas só ficou dois anos no Comunale. Depois de vaguear pela Serie B, onde actuou em Pisa, Veneza e Ravenna, voltou à primeira divisão ao serviço do Atalanta, o clube que acabaria por representar três vezes ao largo da carreira. Em 1995, o seu primeiro ano como titular fixo, apontou 9 golos e chamou a atenção aos olheiros da Juventus que decidiram contratá-lo para substituir Fabrizio Ravanelli. Em Turim conquistou os primeiros titulos. Com Inzaghi formou uma excelente dupla ofensiva marcando 20 golos que lhe permitiram vencer o seu único Scudetto em 1997. Antes tinha já ganho a Supertaça Europeia e a Taça Intercontinental e aberto a sua passagem pela Squadra Azzura onde formaria com Del Piero e Inzaghi um tridente de luxo. Surpreendendo tudo e todos Vieri anunciou que sairía de Turim para rumar ao Atlético de Madrid, recém-campeão espanhol. No Vicente Calderon esteve apenas um ano, mas os 24 golos apontados em 24 jogos permitiram-lhe sagrar-se Pichichi apesar da equipa não ter podido renovar o título de campeão. E Vieri voltava a mudar de ares.

Em 1998 muda-se de Madrid para Roma e torna-se no simbolo da rejuvenescida Lazio. Ao lado de Veron e Mancini forma um eixo ofensivo letal que permite ao conjunto italiano vencer a última edição da Taça das Taças diante do Mallorca e disputar até ao último minuto do campeonato um titulo que lhe escapava à largas décadas. Uma polémica arbitragem acabou por dar o titulo ao AC Milan e foi precisamente para o Piemonte que o avançado se mudou. O Inter, desejoso de formar uma dupla de ataque única, pagou 40 mlhões de euros pelo avançado que tinha acabado de brilhar no Mundial de 1998. Juntar Ronaldo e Vieri era um sonho e foi no clube neruazurri onde ficou mais tempo: seis temporadas.

Só que as constantes lesões de Ronaldo, as entradas e saídas de técnicos e jogadores foram baixando o nível competitivo do Inter e nesse período o avançado acabou por ter de levar várias vezes a equipa ás costas. Em 2003, com 30 anos, logrou finalmente ser eleito Capocanonieri e no ano seguinte venceria o seu único titulo com o Inter, a Taça de Itália. Era a hora do adeus e da traição. Vieri mudou-se para o AC Milan mas a experiência durou apenas quatro meses. Daí passa para o AS Monaco e começa a dar a sua pequena volta ao mundo. Afastado da selecção italiana e dos grandes do Calcio, pela primeira vez voltou à Atalanta mas uma grave lesão manté-no todo o ano fora dos relvados.

 

Era o ínicio do fim.

De Bergamo passa a Florença mas depois de um ano apagado na Fiorentina decide voltar ao clube que o lançou. A experiência não corre bem com o técnico Luigi del Neri e o avançado rapidamente deixa de ser opção. Teve convites das Arábias e de Inglaterra, mas nenhuma avançou. Perde a vontade de correr e decide parar. Aos 36 anos e com uma carreira marcada por golos 185 de todas as formas e feitios em todos os grandes palcos. Faltou-lhe um grande titulo europeu e a uma vitória a nível de selecções mas é reconhecidamente o último grande 9 puro do futebol italiano. Um verdadeiro animal diante das redes que agora diz finalmente adio!



publicado por Miguel Lourenço Pereira às 09:05 | link do post | comentar

4 comentários:
De sergio_alj a 25 de Outubro de 2009 às 23:57
Desse senhor tenho três coisas que me marcaram/impressionaram!!

- O facto de ter marcado em 4 jogos seguidos no Mundial 98;
- O facto de nos seus primeiros 9 anos de profissional ter jogado em 9 clubes diferentes!!
- O facto de ter marcado 4 golos num jogo e o Atlético de Madrid ter perdido 5-4 em Salamanca!!!


De Miguel Lourenço Pereira a 26 de Outubro de 2009 às 09:04
Vieri foi de facto um goleador espantoso.

Recordo-me particularmente do ano em que disputou o Calcio contra o AC Milan de Bierofh. A época em Madrid também foi inesquecível e provavelmente o que o perdeu foi a etapa no Inter, pelas lesoes que sofreu e pelos problemas de Ronaldo. Quando aquela dupla estava a 100% era um ataque letal.

Pela Azzura foi notável no Mundial de França e nos quartos contra a França teve por duas vezes o golo nos pés. Faltou-lhe apenas esse titulo, como a outros da sua geraçao que nao chegaram a 2006, para tornar a sua lenda ainda maior.

Um abraço


De carbonato de calcio a 10 de Janeiro de 2011 às 14:53
Grande jogador..


De Miguel Lourenço Pereira a 10 de Janeiro de 2011 às 15:22
Efectivamente, um grande dianteiro!


Comentar post

.O Autor

Miguel Lourenço Pereira

Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


Ultimas Actualizações

Toni Kroos, el Maestro In...

Portugal, começar de novo...

O circo português

Porta de entrada a outro ...

Os génios malditos alemãe...

Últimos Comentários
Thank you for some other informative web site. Whe...
Só espero que os Merengues consigam levar a melhor...
O Universo do Desporto é um projeto com quase cinc...
ManostaxxGerador Automatico de ideias para topicos...
ManostaxxSaiba onde estão os seus filhos, esposo/a...
Posts mais comentados
69 comentários
64 comentários
47 comentários
arquivos

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

.Em Destaque


UEFA Champions League

UEFA Europe League

Liga Sagres

Premier League

La Liga

Serie A

Bundesliga

Ligue 1
.Do Autor
Cinema
.Blogs Futebol
4-4-2
4-3-3
Brigada Azul
Busca Talentos
Catenaccio
Descubre Promesas
Desporto e Lazer Online
El Enganche
El Fichaje Estrella
Finta e Remate
Futebol Artte
Futebolar
Futebolês
Futebol Finance
Futebol PT
Futebol Total
Jogo de Área
Jogo Directo
Las Claves de Johan Cruyff
Lateral Esquerdo
Livre Indirecto
Ojeador Internacional
Olheiros.net
Olheiros Ao Serviço
O Mais Credível
Perlas del Futbol
Planeta de Futebol
Portistas de Bancada
Porto em Formação
Primeiro Toque
Reflexão Portista
Relvado
Treinador de Futebol
Ze do Boné
Zero Zero

Outros Blogs...

A Flauta Mágica
A Cidade Surpreendente
Avesso dos Ponteiros
Despertar da Mente
E Deus Criou a Mulher
Renovar o Porto
My SenSeS
.Futebol Nacional

ORGANISMOS
Federeção Portuguesa Futebol
APAF
ANTF
Sindicato Jogadores

CLUBES
Futebol Clube do Porto
Sporting CP
SL Benfica
SC Braga
Nacional Madeira
Maritimo SC
Vitória SC
Leixões
Vitoria Setúbal
Paços de Ferreira
União de Leiria
Olhanense
Académica Coimbra
Belenenses
Naval 1 de Maio
Rio Ave
.Imprensa

IMPRENSA PORTUGUESA DESPORTIVA
O Jogo
A Bola
Record
Infordesporto
Mais Futebol

IMPRENSA PORTUGUESA GENERALISTA
Publico
Jornal de Noticias
Diario de Noticias

TV PORTUGUESA
RTP
SIC
TVI
Sport TV
Golo TV

RADIOS PORTUGUESAS
TSF
Rádio Renascença
Antena 1


INGLATERRA
Times
Evening Standard
World Soccer
BBC
Sky News
ITV
Manchester United Live Stream

FRANÇA
France Football
Onze
L´Equipe
Le Monde
Liberation

ITALIA
Gazzeta dello Sport
Corriere dello Sport

ESPANHA
Marca
As
Mundo Deportivo
Sport
El Mundo
El Pais
La Vanguardia
Don Balon

ALEMANHA
Kicker

BRASIL
Globo
Gazeta Esportiva
Categorias

a gloriosa era dos managers

a historia dos mundiais

adeptos

africa

alemanha

america do sul

analise

argentina

artistas

balon d´or

barcelona

bayern munchen

biografias

bota de ouro

braga

brasileirão

bundesliga

calcio

can

champions league

colaboraçoes

copa america

corrupção

curiosidades

defesas

dinamarca

economia

em jogo

entrevistas

equipamentos

eredevise

espanha

euro 2008

euro 2012

euro sub21

euro2016

europe league

europeus

extremos

fc porto

fifa

fifa award

finanças

formação

futebol internacional

futebol magazine

futebol nacional

futebol portugues

goleadores

guarda-redes

historia

historicos

jovens promessas

la liga

liga belga

liga escocesa

liga espanhola

liga europa

liga sagres

liga ucraniana

liga vitalis

ligas europeias

ligue 1

livros

manchester united

medios

mercado

mundiais

mundial 2010

mundial 2014

mundial 2018/2022

mundial de clubes

mundial sub-20

noites europeias

nostalgia

obituário

onze do ano

opinião

polemica

politica

portugal

premier league

premios

real madrid

santuários

seleção

selecções

serie a

sl benfica

sociedade

south africa stop

sporting

taça confederações

taça portugal

taça uefa

tactica

treinadores

treino

ucrania

uefa

todas as tags

subscrever feeds