Sábado, 19 de Setembro de 2009

Se a zona do Reno é conhecida por concentrar uma imensidão de obras de arte do período gótico em forma de catedrais inesquecíveis, seria inevitável que um dos estádios mais belos e fascinantes do desporto-rei por aí andasse. Uma verdadeira catedral onde 75 mil pessoas rezam ao beautiful game com um entusiasmo que não conhece classificações, condições ou resultados. É o puro prazer de ver a bola rolar num dos seus mais majestuosos santuários.

 

Hoje em dia o estádio mudou de nome (o naming obriga a que seja tratado como Signal Iduna Park) mas na memória colectiva será sempre o Westfalenstadion, o estádio do Westphalia, zona do alto Reno, uma das mais belas regiões europeias. O verdejante vale que o cerca, a poucos quilómetros de Dortmund, da-lhe forma ainda mais épica e medieval. De quinze em quinze dias a boa gente do burgo reune-se num dos maiores estádios concebidos na Europa para gritar durante 90 minutos pelo seu clube. E se o Borussia de Dortmund atravessa um periodo complicado, depois de ter sobrevivido a custo (e à custa do estádio que foi forçado a vender) à insolvência, isso não desanima os adeptos. O estádio é o segundo da Europa com melhor média de assistência, apenas superado pelo Teatro dos Sonhos de Manchester. Jogar no Westfalen é jogar contra uma multidão eufórica e fanática que lembra a cada segundo que estamos num templo único. O estádio conta ainda com a maior bancada do mundo, o topo sul do estádio, ou The Sudtribune, que tem capacidade para  25 mil pessoas. A restantes bancadas do estádio estão divididas em dois aneis num total de 67 mil lugares.

A origem do estádio remonta aos anos 60. No pós guerra o clube de Dortmund tornou-se num dos grandes da Bundesliga e o seu estádio Rote Erde tornou-se pequeno demais para a fanática legião de adeptos. A camara municipal decidiu então construir nos arredores da cidade o maior estádio alemão mas não havia orçamento e nem a vitória do clube na Taça das Taças em 1966 fez avançar o projecto. Foi com a desistência de Colónia de organizar quatro encontros do Mundial de 74 que o projecto avançou. Seguiu-se a estética  britânica - mais barata por dispensar a pista oval de atletismo - e assim nasceu em 1972 um estádio com capacidade para 56 mil pessoas. A camara era a dona do estádio mas o clube mudou-se rapidamente para a sua nova casa, a Catedral Amarela, baptizada assim pelas cores do clube e pela estrutura exterior do estádio. Com a vitória na Bundesliga e Champions League a meados dos anos 90, o estádio saltou para a ribalta e acabou por ser ampliado até chegar aos 68 mil lugares tendo já por essa época uma taxa de ocupação anual nos 95%. Foi então que surgirão os problemas financeiros do clube, que já era dono dos terrenos, que os teve de vender a uma entidade financeira. Em 2007 o Borusia voltou a adquirir o estádio e para amortizar a divida associou-se com a empresa Singal Una ,que dá hoje nome ao recinto. O estádio foi revisto para o Mundial de 2006 onde recebeu alguns dos melhores jogos do torneio incluindo a mitica meia-final que colocou a Itália diante dos teutónicos.

Sendo um dos santuários máximos do futebol europeu, o Westfalenstadion é igualmente um dos recintos melhores preparados do mundo. Com as melhorias para acolher o Mundial de 2006 tornou-se num recinto 5 estrelas para a UEFA estando entre os principais candidatos a acolher a final da Champions League de 2013. Um evento à altura da catedral gótica do futebol europeu.


Categorias:

Miguel Lourenço Pereira às 15:31 | link do post

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.O Autor

Miguel Lourenço Pereira

Fundamental.
EnfoKada
Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


FUTEBOL MAGAZINE. revista de futebol online


Futebol Magazine


Traductor


Ultimas Actualizações

Toni Kroos, el Maestro In...

Portugal, começar de novo...

O circo português

Porta de entrada a outro ...

Os génios malditos alemãe...

Be right back

2014, um Mundial de parad...

Brasil vs Alemanha, o fim...

Di Stefano, o jogador mai...

Portugal, as causas da hu...

Últimos Comentários
Thank you for some other informative web site. Whe...
Só espero que os Merengues consigam levar a melhor...
O Universo do Desporto é um projeto com quase cinc...
ManostaxxGerador Automatico de ideias para topicos...
ManostaxxSaiba onde estão os seus filhos, esposo/a...
Posts mais comentados
69 comentários
64 comentários
47 comentários
Arquivo
.Do Autor
Cinema
.Blogs Portugueses
4-4-2
A Outra Visão
Açores e o Futebol
Duplo Pivot
Foot in My Heart
Futebol Finance
Futebol Portugal
Lateral Esquerdo
Leoninamente
Minuto Zero
Negócios do Futebol
Pitons em Riste
Porta 19
Portistas de Bancada
Reflexão Portista
TreinadorFutebol
.Blogs Internacionais
Os mais destacados blogs internacionais de futebol
.Imprensa Desportiva
Edições Online Imprensa
Aviso

Podem participar nesta tertúlia futebolistíca enviando os vossos comentários e sugestões à direcção de correio electrónico: Miguel.Lourenco.Pereira@gmail.com


Bem Vindos a Em Jogo...


Nota



O Em Jogo informa os leitores que as fotos publicadas não são da autoria do weblog sendo que os seus respectivos direitos pertencem aos seus legítimos autores.



Siga o Em Jogo através do:

Follow Em_Jogo on Twitter


Em Jogo

Crea tu insignia

Bem vindo!

Categorias

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO