Domingo, 20 de Setembro de 2009

O apelido Muller fez história no futebol alemão. Houve Gerd, houve Hansi, houve Dieter...agora há Thomas. Um nome que é sinónimo de ataque, golos e titulos. Um nome que em Israel não esquecerão tão cedo. Um nome que promete ser o futuro de um clube e um país orfãos de um avançado de calibre mundial.

 

Luca Toni e Miroslav Klose fecharam as portas do ataque do Bayern de Munchen a Lukas Podolski. O jovem promissor avançado alemão recém-chegado do FC Koln nunca encontrou o seu espaço e a sua falta de força mental fez o resto. Este ano voltou à procedência incapaz de se assumir como o futuro de um ataque que é, habitualmente, sinónimo da eficácia germânica. A chegada de Mario Gomez a peso de ouro fazia antever outro cenário similar mas a verdade é que não foi o hispano-germânico a fazer a diferença nesta nova versão do clube da Baviera. Louis van Gaal sabe, como poucos técnicos, detectar o potencial de jovens talentos. Foi assim com a geração mágica do Ajax dos anos 90, com o Barcelona onde lançou, entre outros, Xavi e Puyol. E é agora com Thomas Muller, o novo bombardeiro de Munique. Com os 20 anos recém-cumpridos (13 de Setembro) é já um futuro bem presente para os alemães.

 

O jovem avançado é producto da formação do Bayern, escola de grandes avançados como Gerd Muller e Karl-Heinz Rummenige, talvez os mais talentosos dianteiros da história do futebol germânico. O jovem chegou com apenas 10 anos à equipa infantil e desde aí a progressão tem sido absolutamente notável. Estreou-se precocemente nos juniores e rapidamente começou a actuar pelo conjunto B germânico com 17 anos. Num ano apontou 20 golos em 37 jogos, um bom pecúlio para quem arrancava a sério uma carreira que se antevia ambiciosa. Começou a chamar à atenção de Jurgen Klinsmann - que tinha então um ambicioso projecto para o seu Bayern - e em Agosto de 2008 estreou-se oficialmente pela primeira equipa. No entanto a concorrência no ataque (Toni, Podolski, Klose) relegou-o várias vezes para fora das convocatórias e acabou apenas por fazer apenas quatro jogos mais esses ano. Um deles a histórica humilhação ao Sporting, na sua estreia na Champions League. Uma estreia dourada já que apontou o sétimo e último golo da vitória alemã.

 

A chegada de Gomez e Olic complicava ainda mais as coisas para o jovem dianteiro no arranque desta época. Isso a juntar aos veteranos e eficazes Toni e Klose claro. Só que van Gaal cedo percebeu que a mobilidade do ataque bávaro com Ribery, Schweinsteiger e logo Robben, precisa de um jogador móvel e letal à frente. Depois de provar com os avançados principais, o holandês apostou todas as fichas por Muller. E a aposta começa a ser paga com juros. Um extraordinário arranque na Bundesliga com dois golos na goleada ao Borusia de Dortmund confirmaram-no como um dos jogadores a seguir este ano na prova. Na terça-feira passada, frente ao Maccabi Haiffa, voltou a provar que o apelido não é um acaso. A eficácia com que destroçou (com dois tentos) a defesa israelita foi notória. Com os alemães a apostarem forte este ano, Muller tem tudo para se tornar numa das figuras da temporada. Em ano de Mundial quer fazer história e dar o mais rápido salto para a Manschafft de que há memória, ele que só se estreou pelos sub-21 na última ronda de selecções.

 

No Allianz Arena sabem que ali há um autêntico diamante em bruto. Aos 20 anos é já uma referência incontornável deste novo Bayern Munchen que demorou a arrancar mas que começa a ganhar contornos de gigante, uma vez mais. Com Thomas Muller como o bombardeiro de serviço.



Miguel Lourenço Pereira às 06:08 | link do post | comentar

2 comentários:
De Ricardo a 20 de Setembro de 2009 às 21:25
O miúdo não engana. Desde o jogo com o Sporting que andava de olho nele. Tem faro de golo. É pena o FCP não ter jogadores assim na sua formação. É um lugar que andamos sempre à rasca.

forte abraço


De Miguel Lourenço Pereira a 21 de Setembro de 2009 às 08:47
É um grande avançado com uma margem de progressão imensa e tem a sorte de ter um técnico que olha sempre para a formação quando define um plantel.

O futebol portugues não tem - nem a médio prazo - um avançado centro com as caracteristicas de Muller. E por isso mesmo é normal que a Alemanha seja vice-campea europeia e que Portugal tenha caído de forma tão tragico-comica aos seus pés.

um abraço


Comentar post

.O Autor

Miguel Lourenço Pereira

Fundamental.
EnfoKada
Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


FUTEBOL MAGAZINE. revista de futebol online


Futebol Magazine


Traductor


Ultimas Actualizações

Toni Kroos, el Maestro In...

Portugal, começar de novo...

O circo português

Porta de entrada a outro ...

Os génios malditos alemãe...

Be right back

2014, um Mundial de parad...

Brasil vs Alemanha, o fim...

Di Stefano, o jogador mai...

Portugal, as causas da hu...

Últimos Comentários
Thank you for some other informative web site. Whe...
Só espero que os Merengues consigam levar a melhor...
O Universo do Desporto é um projeto com quase cinc...
ManostaxxGerador Automatico de ideias para topicos...
ManostaxxSaiba onde estão os seus filhos, esposo/a...
Posts mais comentados
69 comentários
64 comentários
47 comentários
Arquivo
.Do Autor
Cinema
.Blogs Portugueses
4-4-2
A Outra Visão
Açores e o Futebol
Duplo Pivot
Foot in My Heart
Futebol Finance
Futebol Portugal
Lateral Esquerdo
Leoninamente
Minuto Zero
Negócios do Futebol
Pitons em Riste
Porta 19
Portistas de Bancada
Reflexão Portista
TreinadorFutebol
.Blogs Internacionais
Os mais destacados blogs internacionais de futebol
.Imprensa Desportiva
Edições Online Imprensa
Aviso

Podem participar nesta tertúlia futebolistíca enviando os vossos comentários e sugestões à direcção de correio electrónico: Miguel.Lourenco.Pereira@gmail.com


Bem Vindos a Em Jogo...


Nota



O Em Jogo informa os leitores que as fotos publicadas não são da autoria do weblog sendo que os seus respectivos direitos pertencem aos seus legítimos autores.



Siga o Em Jogo através do:

Follow Em_Jogo on Twitter


Em Jogo

Crea tu insignia

Bem vindo!

Categorias

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO