Quinta-feira, 18 de Junho de 2009

O futebol é mágico. E surpreendente. Dentro e fora das quatro linhas.

Só assim se pode explicar a notável reviravolta naquela que muitos "especialistas" já tinham considerado como a transferência do defeso. O lateral esquerdo Aly Cissokho afinal já não irá vestir a camisola do AC Milan. O clube italiano cancelou o negócio que tinha acertado com o FC Porto num valor à volta dos 15 milhões de euros devido ao estado de saúde físico de Cissokho. Aos dentes, mais precisamente.

 

Qualquer desportista sabe da importância que os dentes têm no combate a lesões musculares e osseas. Uma má dentição - ou incorrecta - podem levar a que um jogador apresente muitas vezes posturas erróneas o que, em última análise, poderá favorecer que esse mesmo elemento esteja muito mais predisposto a lesões de teor muscular e a desvios osseos. O FC Porto já anunciou que conhecia o caso e que o está a tratar, mas em Milão não se brinca em serviço. O clube milanês - que tem em Milanello provavelmente o mais completo centro de estudos médicos ligado ao mundo do futebol - examinou o defesa francês e chegou à conclusão que Cissokho não garantia a saúde ferro exigida para suportar o duro futebol italiano. Galliani ainda propôs a Pinto da Costa um periodo de empréstimo de seis meses com opção de compra pelo mesmo valor da transferência, mas o Porto negou-se, pedindo um elevado valor, segundo o vice-presidente milanês para o jogador ser emprestado. O vexame já era suficiente.

Esta noticia corre por toda a Europa e o ponto comum centra-se no departamento médico azul e branco. Em Itália e Espanha levanta-se a questão de como um jogador, contratado há seis meses pelo FC Porto ao Vitória de Setúbal, tenha superado todos os testes médicos para meio ano depois o departamento médico do AC Milan tenha rejeitado - pela primeira vez em vários anos - um elemento para o seu plantel por problemas fisicos. A história lembra ainda o que sucedeu há vários anos em Madrid, quando Jonathan Woodgate foi aprovado nos exames médicos do Bernabeu, para depois ter sofrido várias lesões. Mais tarde descubriu-se que o central tinha vários problemas fisicos menores que foram ignorados e que custaram caro ao Madrid. Clube que, acertou, dois anos depois, ao abdicar de Gabriel Milito, central do Zaragoza com quem tinha contracto, porque os médicos merengues diziam que era um jogador propenso a lesões musculares, também pela estructura dentária e ossea. Em Barcelona não fizeram caso e contrataram o jogador. No final da primeira época lesionou-se e hoje, depois de um ano parado, soube-se que continuará assim por vários meses, tendo mesmo a carreira em risco.

 

O FC Porto tenta desculpar-se, indicando que há meses que Cissokho estava em tratamento de recuperação para solucionar o problema de "mordida assimétrica". Aliás, há vários jogadores azuis e brancos na mesma situação que jogam com aparelhos dentários para evitar problemas. A equipa médica do FC Porto considera que esse tipo de problemas não é suficiente para não contratar um jogador. Mas em Itália os clubes são mais profissionais e entendem que um jogador que vive do fisico e que pode render pior por um pequeno detalhe, mesmo corrigido, tem de ser contratado nas condições ideais. E rejeitaram entrar na conversa dos dragões. Além do mais, para juntar ao caso médico, há ainda a questão da natureza do negócio. Desde que foi anunciada a curiosa transferência que em Itália se começou a investigar o porquê de um jogador com preço de compra à volta dos 600 mil euros pode valorizar-se em seis meses até chegar aos 15 milhões. Mais ainda porque não se conhece, a dia de hoje, o quanto pagou o FC Porto pelos restantes trinta por cento do passe do atleta.

 

A questão financeira pesou, naturalmente, na decisão milanesa que poderia ter avançado para a contratação de Cissokho e proceder com a sua recuperação em Milanello. Afinal o jogador, com 21 anos, ainda não demonstrou ter quaisquer problemas fisicos. Mas uma coisa é vender um jogador por números exorbitados em relação ao seu real valor e outra é vendê-lo sabendo que o jogador tem problemas fisicos detectávies por exames exaustivos. O FC Porto não se limitou a tentar vender um jogador por muito mais do que vale. Vendeu-o sem estar nas perfeitas condições fisicas - por muito que seja um problema solucionável com o tempo - e isso o AC Milan não perdoa.

A imagem azul e branca fica tristemente manchada por este episódio. Por um lado os muitos pretendentes do jogador pensarão agora duas vezes antes de tentar fazer-se com os seus serviços. E claro, os números de uma futura transferência, serão bastante diferentes dos que estavam na mesa. O clube fica com um jogador que passa a ser conhecido por toda a Europa pelos problemas dentários, perdendo assim tristemente a reputação de jovem promessa. Terá um ano para a recuperar de azul e branco vestido porque uma coisa é contratar um jogador por 600 mil contos e tratar um problema fisico. Outra é pagar a fortuna exigida pelos dragões sob o risco de no dia seguinte o jogador romper por um problema tão aparantemente insignificante.

 

Por outro o FC Porto - que é uma das instituições desportivas mais respeitadas no futebol europeu actual - fica com fama de mau vendedor. E no mundo de hoje, onde o dinheiro compra e vende tudo, há algo extremamente precioso que é o prestigio. Com este "caso Cissokho" o prestigio do FC Porto dificilmente será voltará a ser o mesmo. Uma autêntica dentada no orgulho do Dragão. 



Miguel Lourenço Pereira às 14:03 | link do post | comentar

13 comentários:
De Anónimo a 18 de Junho de 2009 às 16:29
lol que risota de artigo! Quando o vendermos por mais para o ano quero ver o que diz o autor do artigo!


De Mesas de Centro a 1 de Outubro de 2010 às 14:40
LOL


De Anonimo a 18 de Junho de 2009 às 17:03
Mais um invejoso e um artigo sem rigor.

Até parece que se ouve a falar do Zaragoza como mau vendedor (ainda há pouco tempo enganou o SLB como Aimar por 7M).

Além do mais o Gabriel Milito está lesionado por causa de uma rotura de ligamento do joelho resultante de uma lesão traumática. E não por causa de nenhum problema ósseo ou muscular.

Mais a mais, quem não quiser levar os nossos jogadores tanto melhor, ficam cá contentes e com ordenados mais reduzidos.


De Duarte Veríssimo a 18 de Junho de 2009 às 17:22
Despe a camisola ó cromo !! Isso são dores de cotovelo de um benfiquista frustrado. Para mim como adepto é uma excelente noticia o Cissokho ficar no Porto, assim seremos mais forte e podemos conquistar o penta...Quando conquistarmos o Penta podes fazer um artigo como deve ser, mas sem lágrimas.


De Anónimo a 18 de Junho de 2009 às 17:25
"Isto é para os incultos, invejosos e indigentes vermelhos, pois se derem uma voltinha pelo site da Gazzeta dello sport e forem ver os comentários dos adeptos milanistas, não vais encontrar lá referencias negativas ao FC PORTO, sabem porquê??? eles têem 2 dedos de testa e sabem que a história dos dentes é treta, eles referem e muito bem que o clube deles ao longo dos anos esturrou dinheiro em vedetas todas "rebentadas" e só agora é que se preocupam com um desalinhamento maxilar que provavelmente a maioria do pessoal tem.

Mas isso é o começo, reparem só na capacidade deste "artista" que desenvolveu aí um teoria segundo a qual nós praticamente desaparecemos do mercado, devido a um problema dentário.

Mas como sempre esses tristes vão levar com a realidade nas trombas quando o Cissokho fôr contratado pelos 15 milhões da ordem, verão."


De Miguel Lourenço Pereira a 18 de Junho de 2009 às 19:30
Meus caros,

O problema do FC Porto de hoje em dia é precisamente o facto de estar tão habituado á gestão vigente que identifica qualquer critica como anti-portismo.

Lamento desiludir os leitores com pretensas alusões ao meu "benfiquismo", mas o facto de ser sócio há mais de quinze anos do FC Porto dá-me legitimidade para criticar as opções tomadas pelo clube tanto quanto á sua politica desportiva como á gestão financeira.

Quanto aos portistas de café, que servem apenas para festejar as vitórias e que se escondem nas derrotas, lembro-lhe que o FC Porto é um clube de nivel máximo europeu e que envolver-se em disparates destes só prejudica a sua imagem. Seja um problema de dentes, pernas, joelhos, o caso Cissokho é mais um espelho da forma como, hoje em dia, o FC Porto faz maus negócios.

É pena é que a tipica pequenês lusa não permita ver para além do básico. Que o FC Porto vença o Penta, o Hexa e todos os que se seguirem. Que fique com o Cissokho, Hulk e todos os jogadores que acharem importantes. Mas que não descaracterize a sua imagem de clube sério e ganhador que é.

Cumprimentos


De Bruno a 18 de Junho de 2009 às 21:40
Ainda por cima é mal educado e "respondão". Devia ter a elevação de não respingar aos visitantes do seu blog. Se tem um espaço público deve saber respeitar as opiniões de quem o visita. Caso contrário deve criar um blog só para si.

Quanto a mim, pergunto-me como pode o FC Porto sair mal-visto? O jogador foi comprado à 6 meses e segundo se diz, estava a ser alvo de tratamento. Quereríamos que lhe colocassem uma dentadura postiça?

Pelo amor de Deus: o Milan quis desfazer-se do jogador após perceber que iria precisar de mais alguns milhões para comprar um avançado e decidiu por em causa o negócio. Daí tentar fazer um empréstimo ridículo com clausula de compra, de modo a poder desfazer-se do jogador se não se conseguir impor.

Negócios com estes senhores, nunca mais. Cambada de mafiosos.


De Anónimo a 18 de Junho de 2009 às 21:36
O lfv também é sócio do Porto há 24 anos, isso não quer dizer nada!

Essa perda de prestígio dura até à próxima venda milionário ou até à próxima boa campanha na Liga dos Campeões... Por exemplo, o vai/não vai do ano passado na entrada para a Liga dos Campeões também ia tirar prestígio ao Porto, o clube ia passar a ser visto como corrupto na Europa, etc, e agora, quem se lembra disso, principalmente além fronteiras? (intra-fronteiras temos os infelizes do costume).

Outro aspecto importante é referido num comentário acima... e o Zaragoza, onde estava a sua falta de prestígio quando vendeu o Aimar, um lesionado crónico, pelo preço que foi? O Milito não lhes tinha manchado a reputação?

Agora, em vez de escrever um comentário a queixar-se de o acusarem de não ser Portista, e em vez de tentar dar ares de "opinion maker" independente e que pensa pela sua própria cabeça, responda com conteúdo efectivo aos argumentos de alguns dos comentários aqui expostos.


De Ricardo a 18 de Junho de 2009 às 22:35
Cara Bruno.

Sou visitante assíduo deste espaço e custa-me ver a falta de educação da parte de alguns que comentam este artigo. O autor tem todo direito a exprimir as suas opiniões bem como responder a quem o insulta. Seria degradante ser insultado no seu próprio espaço sem ter o direito a responder a quem o insulta, direito esse contemplado na nossa constituição, caso saiba o que é.

Creio que é praticamente impossível conhecer todos os contornos deste negócio tornando qualquer opinião do foro especulativo. E talvez seja aí que resida a beleza deste tipo de espaços onde se pode aliar a precisão jornalística com um cunho pessoal de quem os publica.
Na minha opinião, não acredito que o FCPorto ganhe má fama na Europa como mau vendedor até porque paira no ar uma névoa em relação a este negócio. Não se compreende como é que um jogador não está apto para ingressar a titulo de definitivo mas interessa como empréstimo e com clausula de aquisição. É um facto que a dentição de um jogador influi no seu rendimento e que pode pesar na hora da rubrica do contracto. É também um facto que muitos jogadores sofrem de problemas desta ordem. O que se coloca aqui é a gravidade do problema de Cissokho e se é ou não impeditiva de bons rendimentos.
Talvez este não seja o exemplo que melhor ilustre uma prática que me faz alguma espécie , sendo eu um adepto assumido do FCP , que é a das contratações. O FCP em 6 anos fez, sensivelmente, 340 milhões de euros em vendas de jogadores. Tem um passivo de 200 milhões. É campeão regularmente, assíduo na Champions League (e com boas prestações), tem boas parcerias financeiras e acordos comerciais. Eu coloco-lhes as seguintes questões? Para onde vai o dinheiro? Quantos jogadores o FCP compra sem necessidade, para depois os emprestar a clubes menores enquanto lhes paga o salário sem qualquer tipo de retorno?


De Ricardo a 18 de Junho de 2009 às 22:56
Gostaria de emendar o meu erro ortográfico quando escrevi "Cara Bruno" ao invés de "Caro Bruno" e de acrescentar que é lamentável que a "capacidade argumentativa" de alguns indivíduos que aqui postaram se cinja ao tema Cissokho quando há tantos artigos interessantes e bem escritos, publicados diariamente, neste blog. É o espelho da filosofia "bota abaixo" do nosso povo, da deficiência na envolvência e participação nas mais variadas questões bem como uma certa subserviência patente na acidez de alguns comentadores que arreganham os dentes como se de cães de guarda se tratassem.

Cumprimentos


De jotas a 18 de Junho de 2009 às 23:02
Essa história dos dentes está muito mal contada, viram foi a tempo,que iam levar um flop por uma fortuna, ou alguém no seu perfeito juízo acha que Cissoko vale assim tanto dinheiro?


De Francisco a 13 de Julho de 2009 às 19:57

Uma curiosidade...

Não terá o problema dos dentes qualquer coisa a haver com a idade do jogador? Não seria a primeira vez que tal acontecia... (por ex, o caso de Leandro Lima, e dois outros registados em Itália)


De Miguel Lourenço Pereira a 13 de Julho de 2009 às 20:25
É uma possibilidade mas a verdade é que é um problema bastante usual, e que requer tratamento especifico. Mas no caso de um desportista mais ainda porque pode implicar a médio e longo prazo problemas de ordem muscular.

Mas é verdade que a questao da idade é problemática, com vários brasileiros e africanos a apresentarem BI´s falsos que muitas vezes escondem realidades fisicas bem mais complexas do que se pode imaginar á primeira vista.

Cumprimentos


Comentar post

.O Autor

Miguel Lourenço Pereira

Fundamental.
EnfoKada
Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


FUTEBOL MAGAZINE. revista de futebol online


Futebol Magazine


Traductor


Ultimas Actualizações

Toni Kroos, el Maestro In...

Portugal, começar de novo...

O circo português

Porta de entrada a outro ...

Os génios malditos alemãe...

Be right back

2014, um Mundial de parad...

Brasil vs Alemanha, o fim...

Di Stefano, o jogador mai...

Portugal, as causas da hu...

Últimos Comentários
Thank you for some other informative web site. Whe...
Só espero que os Merengues consigam levar a melhor...
O Universo do Desporto é um projeto com quase cinc...
ManostaxxGerador Automatico de ideias para topicos...
ManostaxxSaiba onde estão os seus filhos, esposo/a...
Posts mais comentados
69 comentários
64 comentários
47 comentários
Arquivo
.Do Autor
Cinema
.Blogs Portugueses
4-4-2
A Outra Visão
Açores e o Futebol
Duplo Pivot
Foot in My Heart
Futebol Finance
Futebol Portugal
Lateral Esquerdo
Leoninamente
Minuto Zero
Negócios do Futebol
Pitons em Riste
Porta 19
Portistas de Bancada
Reflexão Portista
TreinadorFutebol
.Blogs Internacionais
Os mais destacados blogs internacionais de futebol
.Imprensa Desportiva
Edições Online Imprensa
Aviso

Podem participar nesta tertúlia futebolistíca enviando os vossos comentários e sugestões à direcção de correio electrónico: Miguel.Lourenco.Pereira@gmail.com


Bem Vindos a Em Jogo...


Nota



O Em Jogo informa os leitores que as fotos publicadas não são da autoria do weblog sendo que os seus respectivos direitos pertencem aos seus legítimos autores.



Siga o Em Jogo através do:

Follow Em_Jogo on Twitter


Em Jogo

Crea tu insignia

Bem vindo!

Categorias

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO