Sexta-feira, 20 de Setembro de 2013

As Taças têm os dias contados? A julgar pela última decisão da UEFA, a tendência é, cada vez mais, para o seu progressivo desaparecimento. Competições sem grande lucro financeiro, as provas a eliminar foram a base da organização do futebol europeu. Hoje são um empecilho para os clubes e o fim da possibilidade de qualificar-se o finalista vencido para a Liga Europa apenas contribuirá a que cada vez menos a taça seja uma forma de celebrar o futebol de cada país.

 

Quando não existiam ainda os meios e as infra-estruturas para alimentar um conceito de liga, a Taça foi a resposta mais eficaz e coerente para os organizadores dos primeiros passos do futebol moderno. A FA Cup não é só a mais antiga competição entre clubes do mundo. É também o espelho dessa era onde jogos a eliminar faziam mais sentido do que rondas intermináveis de todos contra todos. Não é por acaso que muitos dos países europeus onde o futebol se introduziu seguiram esse modelo muito antes de adoptar a ideia de uma liga nacional.

A isso havia que juntar também o facto emoção. Enquanto foi fácil perceber que o modelo de liga iria, inevitavelmente, beneficiar as equipas com maior potencial e recursos, a Taça era uma roleta russa de emoções, sempre aberta a surpresas. A "Festa da Taça" tornou-se num lugar comum com o tempo mas foi, durante décadas, a única forma que muitos adeptos, por toda a Europa, tinham de celebrar um título oficial com o seu modesto clube. Claro que essa cultura mítica permitiu também reforçar a popularidade da Taça dos Vencedores das Taças, uma das mais populares celebrações das noites europeias de futebol. Uma competição que se prolongou durante quatro décadas até que a galinha de ovos de ouro da Champions League acabou de vez com o seu significado. Inicialmente muitos pensaram que deviam ser os vencedores das taças - e não os segundos classificados - a acederem à prova rainha do futebol europeu. Mas essa ideia não acompanha a filosofia do dinheiro e do poder crescente e independente das ligas face às federações. E, inevitavelmente, os vencedores ou finalistas vencidos das taças foram relegados para a futura Europa League. Agora a festa acabou. Se uma equipa, a partir de 2015, ganha a taça e não está no lote de qualificados directos para a "Champions", entra na prova. Mas se a perder, mesmo que o vencedor seja uma equipa da Champions, o lugar passa directamente para o seguinte classificado não apurado via liga. A última réstia de motivação para apostar na Taça para os mais pequenos e modestos, desapareceu.

 

Num calendário cada vez mais congestionado, a Taça é um problema.

Os clubes grandes dão-lhe cada vez menos importância. É um troféu sem prestigio mas inconsequente financeiramente. Nem dá dinheiro que justifique o investimento nem permite aceder à prova rainha da Europa. Portanto os clubes com os maiores orçamentos focam-se em lutar pelo título ou, em último caso, em fechar o lote de lugares de acesso à Champions. Essa realidade podia abrir aos restantes clubes um espaço livre para disputar o troféu. Para eles vencer uma taça significa mais e se essa vitória garantir esse posto na Europa League que tão dificil é de conseguir nas ligas, melhor. Mas sem o atractivo financeiro e com uma exigência maior para sobreviver na dura competição regular - entre esse sonho de entrar em Champions, a prioridade de qualquer clube e a sobrevivência por ficar num lugar de qualificação directa - são cada vez mais os clubes de meio da tabela que confessam o seu desinteresse pela prova. Se até agora algo os motivava era, sem dúvida, o apuramento directo para as provas europeias. Mas que os grandes emblemas não olhem para a Taça como uma prova importante não quer dizer que não a possam ganhar, mesmo ás vezes sem as suas figuras principais. Uma vez alcançadas as meias-finais, pelo menos, não são 180 minutos a mais ou a menos que vão fazer a diferença. Em Espanha isso significa, por exemplo, que nos últimos cinco anos Barcelona ou Real Madrid sempre estiveram na final. Em Inglaterra sucedeu o mesmo com Chelsea, City e United. Em Itália também, com Juventus e Inter, em Portugal com FC Porto e SL Benfica e na Alemanha com Dortmund ou Bayern. Raros são os anos em que nenhuma dessas equipas chega ao derradeiro encontro. E aí, claro, a equipa que perde sabe que o lugar europeu está garantido, jogando sem complexos e muitas vezes, surpreendendo.

Inevitavelmente esse cenário vai acabar. Com a nova regra, as equipas sabem que só lhes vale a vitória. Mas, sobretudo, que lhes vale de pouco o esforço. Os adeptos perdem um motivo mais para seguir o seu clube pelo país, os grandes sentem-se mais cómodos e, sobretudo, os clubes de linha média-alta, sabem que contam com mais um lugar de acesso na prova regular para sonhar com a Europa. É o triunfo da influência do dinheiro, uma vez mais.

Sem a participação na Europa League via presença, ainda que com derrota, na final, muitos dos clubes europeus nunca teriam tido o prazer de saborear uma noite europeia na sua história. São milhões de adeptos combinados que encontravam neste antigo mas fascinante modelo competitivo uma forma mais de celebrar a sua modesta existência. Platini e os seus sequazes, uma vez mais, trataram de seguir pela via contrária, reforçando o poder da elite financeira europeia pavimentando cada vez mais o caminho para uma competição única composta exclusivamente pelos clubes mais ricos e poderosos das ligas nacionais.



publicado por Miguel Lourenço Pereira às 16:28 | link do post

De oiut a 21 de Setembro de 2013 às 14:33
Se a isto juntarmos os moldes em que se joga a youth league...


De Miguel Lourenço Pereira a 22 de Setembro de 2013 às 12:16
Uma nova forma da UEFA fazer dinheiro com as ideias alheias!


Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.O Autor

Miguel Lourenço Pereira

Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


Ultimas Actualizações

Toni Kroos, el Maestro In...

Portugal, começar de novo...

O circo português

Porta de entrada a outro ...

Os génios malditos alemãe...

Últimos Comentários
Thank you for some other informative web site. Whe...
Só espero que os Merengues consigam levar a melhor...
O Universo do Desporto é um projeto com quase cinc...
ManostaxxGerador Automatico de ideias para topicos...
ManostaxxSaiba onde estão os seus filhos, esposo/a...
Posts mais comentados
69 comentários
64 comentários
47 comentários
arquivos

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

.Em Destaque


UEFA Champions League

UEFA Europe League

Liga Sagres

Premier League

La Liga

Serie A

Bundesliga

Ligue 1
.Do Autor
Cinema
.Blogs Futebol
4-4-2
4-3-3
Brigada Azul
Busca Talentos
Catenaccio
Descubre Promesas
Desporto e Lazer Online
El Enganche
El Fichaje Estrella
Finta e Remate
Futebol Artte
Futebolar
Futebolês
Futebol Finance
Futebol PT
Futebol Total
Jogo de Área
Jogo Directo
Las Claves de Johan Cruyff
Lateral Esquerdo
Livre Indirecto
Ojeador Internacional
Olheiros.net
Olheiros Ao Serviço
O Mais Credível
Perlas del Futbol
Planeta de Futebol
Portistas de Bancada
Porto em Formação
Primeiro Toque
Reflexão Portista
Relvado
Treinador de Futebol
Ze do Boné
Zero Zero

Outros Blogs...

A Flauta Mágica
A Cidade Surpreendente
Avesso dos Ponteiros
Despertar da Mente
E Deus Criou a Mulher
Renovar o Porto
My SenSeS
.Futebol Nacional

ORGANISMOS
Federeção Portuguesa Futebol
APAF
ANTF
Sindicato Jogadores

CLUBES
Futebol Clube do Porto
Sporting CP
SL Benfica
SC Braga
Nacional Madeira
Maritimo SC
Vitória SC
Leixões
Vitoria Setúbal
Paços de Ferreira
União de Leiria
Olhanense
Académica Coimbra
Belenenses
Naval 1 de Maio
Rio Ave
.Imprensa

IMPRENSA PORTUGUESA DESPORTIVA
O Jogo
A Bola
Record
Infordesporto
Mais Futebol

IMPRENSA PORTUGUESA GENERALISTA
Publico
Jornal de Noticias
Diario de Noticias

TV PORTUGUESA
RTP
SIC
TVI
Sport TV
Golo TV

RADIOS PORTUGUESAS
TSF
Rádio Renascença
Antena 1


INGLATERRA
Times
Evening Standard
World Soccer
BBC
Sky News
ITV
Manchester United Live Stream

FRANÇA
France Football
Onze
L´Equipe
Le Monde
Liberation

ITALIA
Gazzeta dello Sport
Corriere dello Sport

ESPANHA
Marca
As
Mundo Deportivo
Sport
El Mundo
El Pais
La Vanguardia
Don Balon

ALEMANHA
Kicker

BRASIL
Globo
Gazeta Esportiva
Categorias

a gloriosa era dos managers

a historia dos mundiais

adeptos

africa

alemanha

america do sul

analise

argentina

artistas

balon d´or

barcelona

bayern munchen

biografias

bota de ouro

braga

brasileirão

bundesliga

calcio

can

champions league

colaboraçoes

copa america

corrupção

curiosidades

defesas

dinamarca

economia

em jogo

entrevistas

equipamentos

eredevise

espanha

euro 2008

euro 2012

euro sub21

euro2016

europe league

europeus

extremos

fc porto

fifa

fifa award

finanças

formação

futebol internacional

futebol magazine

futebol nacional

futebol portugues

goleadores

guarda-redes

historia

historicos

jovens promessas

la liga

liga belga

liga escocesa

liga espanhola

liga europa

liga sagres

liga ucraniana

liga vitalis

ligas europeias

ligue 1

livros

manchester united

medios

mercado

mundiais

mundial 2010

mundial 2014

mundial 2018/2022

mundial de clubes

mundial sub-20

noites europeias

nostalgia

obituário

onze do ano

opinião

polemica

politica

portugal

premier league

premios

real madrid

santuários

seleção

selecções

serie a

sl benfica

sociedade

south africa stop

sporting

taça confederações

taça portugal

taça uefa

tactica

treinadores

treino

ucrania

uefa

todas as tags

subscrever feeds