Sexta-feira, 13 de Setembro de 2013

Diego na Liga. Iker na Champions. O ridículo voltou a tomar conta do Santiago Bernabeu. Durante o defesa a imprensa espanhola - que afiou as espadas e cheirou o sangue do reinado de Mourinho - transformou a Carlo Ancelloti no mais celebrado dos novos treinadores merengues. No primeiro jogo a sério levaram uma decepção. Durou pouco a resistência do italiano. Ao contrário do português, e como tinha feito no passado, Carlo cedeu e deixou-se dobrar pela importância mediática de Casillas e a imprensa de Madrid. O binómio que realmente governa o clube.

Mourinho sempre foi um mal-amado.

No dia em que se cansou das filtrações e dos comentários de Casillas, relegando-o para o banco em Málaga, o mal-amado transformou-se no odiado. Durou meio ano no cargo. A falta de resultados é o principal motivo da sua saída do Bernabeu. Uma meia-final perdida depois de um jogo em Dortmund penoso. Uma liga que desde Novembro já era impossível com um rival habituado a não perder pontos com regularidade. E uma taça transformada em troféu relevante do nada para depois ser ganha pelo maior rival em plena Castellana. A realidade foi bem diferente. Mourinho saiu de Madrid porque tinha perdido o balneário. Porque a imprensa tinha ganho o braço-de-ferro. Outra vez.

A filtração regular de noticias do balneário tinham provocado já a irritação do português que despediu do cozinheiro a Valdano todos os que considerava que estavam a minar o seu trabalho autoritário. Mas havia noticias que só podiam ter sido filtradas pelos jogadores. Procurou o culpado e ano e meio depois encontrou-o. Era Iker Casillas. E o seu grupo dentro do balneário, composto essencialmente por internacionais espanhóis e alguns jogadores estrangeiros com mais anos de casa. Jogadores que garantiam que jornais como a Marca ou o As podiam citar conversas integras e exactas nos treinos fechados à imprensa em que se tornava palpável que o ambiente distava de ser amigável. Quando os capitães pediram ao presidente para ter uma reunião sem o treinador, exigindo que ou saiam eles ou saia ele, o seu destino estava traçado. Mourinho afastou Casillas, primeiro por Adán e depois por Diego Lopez - contratado em Janeiro. Pelo meio já tinha dado reprimendas públicas a Sérgio Ramos, o outro peso-pesado do balneário com quem não tinha relação nenhuma. A lesão de Casillas facilitou as coisas a Diego Lopez. Quando o titular habitual e campeão do mundo voltou teve de suportar um mês e meio de banco. Mourinho foi inflexível. Mas Casillas sabia que as suas horas estavam contadas e que a partir de Agosto tudo seria como antes.

 

Então chegou Ancelloti.

A imprensa espanhola recebeu-o como o "Pacificador", o homem que ia voltar ao status quo. Trataram-no como um rei, relembrando sobretudo que um homem que tinha colocado em campo onzes escolhidos por Berlusconi e Abramovich não seria difícil de lidar por Florentino Perez - desejoso de impor mais uns galácticos ao treinador de turno, depois de três anos em que Mourinho controlou o mercado de transferências - e com os pesos pesados do balneário. Mas no primeiro jogo a sério, Casillas foi suplente. E Diego Lopez continuou a demonstrar ser um brilhante guarda-redes. Espanha parou. Então não era suposto voltar a ser tudo como antes?

A resistência de Ancelloti, louvável, foi de curta duração. Um mês para ser mais preciso.

O técnico manteve a confiança em Diego Lopez até à paragem para os compromissos internacionais. A imprensa voltou a cumprir o seu papel. Começaram a sair sondagens sobre o apoio dos adeptos a Casillas, a ameaças suas em sair do clube onde se formou para reforçar o Barcelona ou o Manchester United. Os seus jornalistas de bolso, os mesmos que trabalham diariamente com a sua companheira, cumpriram a sua missão e minaram uma vez mais a opinião pública contra o técnico e Diego Lopez. O golpe de misericórdia foi aplicado por Del Bosque. O seleccionador espanhol não convocou Lopez - como tinha sucedido na Taça das Confederações - e colocou Casillas a titular no jogo contra a Finlândia, apesar de levar três meses sem um jogo oficial nas pernas. Mesmo com Valdés numa forma irrepreensível a mensagem ficou. Casillas joga por decreto, seja onde for. Ancelloti percebeu o sinal.

O técnico italiano tinha tido um mês para perceber que arrancar o ano com três vitórias era insuficiente se a imprensa se posicionasse contra a sua gestão. Atacado pela saída polémica de Ozil, com o problema de combinar no mesmo onze Cristiano Ronaldo e Gareth Bale, juntamente com Isco, Benzema, Modric, Di Maria, Khedira, Xabi Alonso (entretanto lesionado), Illarramendi e Casemiro, o menos que precisava era de um debate diário na baliza. Ancelotti rendeu-se e declarou que Casillas era o guarda-redes para os jogos da Champions League. Uma rotação inédita nas suas opções - e na história do clube e dos principais emblemas europeus - que não é mais que um aquecimento prévio até que Casillas se torne, definitivamente, no guarda-redes titular. Lopez tem a batalha perdida e sabe-o. Mas cairá de pé enquanto a sombra do jogador preferido dos espanhóis o engole.

 

Casillas será o titular e tudo estará bem. Regressarão os artigos elogiosos à gestão de balneário de Ancelotti, os pesos-pesados do balneário deixarão de filtrar histórias comprometidas e Florentino Perez deixará de receber perguntas incómodas sobre um jogador que nunca quis mas que também nunca soube dominar. Casillas, como antes dele Guti e Raúl, foi acusado ao longo dos anos por vários treinadores e ex-jogadores de ser um problema no balneário do Real Madrid pelo seu excessivo peso mediático e contactos com a imprensa. Sobreviveu a Capello - que preferia Lopez - a Mourinho e prepara-se agora para sobreviver a Ancelotti. Demonstrando uma vez mais que em Madrid não manda o presidente, não manda o treinador e não mandam os adeptos. O Real continua a ser um clube governado pelos jogadores e a imprensa. E assim seguirá!



publicado por Miguel Lourenço Pereira às 20:12 | link do post

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.O Autor

Miguel Lourenço Pereira

Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


Ultimas Actualizações

Toni Kroos, el Maestro In...

Portugal, começar de novo...

O circo português

Porta de entrada a outro ...

Os génios malditos alemãe...

Últimos Comentários
Thank you for some other informative web site. Whe...
Só espero que os Merengues consigam levar a melhor...
O Universo do Desporto é um projeto com quase cinc...
ManostaxxGerador Automatico de ideias para topicos...
ManostaxxSaiba onde estão os seus filhos, esposo/a...
Posts mais comentados
69 comentários
64 comentários
47 comentários
arquivos

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

.Em Destaque


UEFA Champions League

UEFA Europe League

Liga Sagres

Premier League

La Liga

Serie A

Bundesliga

Ligue 1
.Do Autor
Cinema
.Blogs Futebol
4-4-2
4-3-3
Brigada Azul
Busca Talentos
Catenaccio
Descubre Promesas
Desporto e Lazer Online
El Enganche
El Fichaje Estrella
Finta e Remate
Futebol Artte
Futebolar
Futebolês
Futebol Finance
Futebol PT
Futebol Total
Jogo de Área
Jogo Directo
Las Claves de Johan Cruyff
Lateral Esquerdo
Livre Indirecto
Ojeador Internacional
Olheiros.net
Olheiros Ao Serviço
O Mais Credível
Perlas del Futbol
Planeta de Futebol
Portistas de Bancada
Porto em Formação
Primeiro Toque
Reflexão Portista
Relvado
Treinador de Futebol
Ze do Boné
Zero Zero

Outros Blogs...

A Flauta Mágica
A Cidade Surpreendente
Avesso dos Ponteiros
Despertar da Mente
E Deus Criou a Mulher
Renovar o Porto
My SenSeS
.Futebol Nacional

ORGANISMOS
Federeção Portuguesa Futebol
APAF
ANTF
Sindicato Jogadores

CLUBES
Futebol Clube do Porto
Sporting CP
SL Benfica
SC Braga
Nacional Madeira
Maritimo SC
Vitória SC
Leixões
Vitoria Setúbal
Paços de Ferreira
União de Leiria
Olhanense
Académica Coimbra
Belenenses
Naval 1 de Maio
Rio Ave
.Imprensa

IMPRENSA PORTUGUESA DESPORTIVA
O Jogo
A Bola
Record
Infordesporto
Mais Futebol

IMPRENSA PORTUGUESA GENERALISTA
Publico
Jornal de Noticias
Diario de Noticias

TV PORTUGUESA
RTP
SIC
TVI
Sport TV
Golo TV

RADIOS PORTUGUESAS
TSF
Rádio Renascença
Antena 1


INGLATERRA
Times
Evening Standard
World Soccer
BBC
Sky News
ITV
Manchester United Live Stream

FRANÇA
France Football
Onze
L´Equipe
Le Monde
Liberation

ITALIA
Gazzeta dello Sport
Corriere dello Sport

ESPANHA
Marca
As
Mundo Deportivo
Sport
El Mundo
El Pais
La Vanguardia
Don Balon

ALEMANHA
Kicker

BRASIL
Globo
Gazeta Esportiva
Categorias

a gloriosa era dos managers

a historia dos mundiais

adeptos

africa

alemanha

america do sul

analise

argentina

artistas

balon d´or

barcelona

bayern munchen

biografias

bota de ouro

braga

brasileirão

bundesliga

calcio

can

champions league

colaboraçoes

copa america

corrupção

curiosidades

defesas

dinamarca

economia

em jogo

entrevistas

equipamentos

eredevise

espanha

euro 2008

euro 2012

euro sub21

euro2016

europe league

europeus

extremos

fc porto

fifa

fifa award

finanças

formação

futebol internacional

futebol magazine

futebol nacional

futebol portugues

goleadores

guarda-redes

historia

historicos

jovens promessas

la liga

liga belga

liga escocesa

liga espanhola

liga europa

liga sagres

liga ucraniana

liga vitalis

ligas europeias

ligue 1

livros

manchester united

medios

mercado

mundiais

mundial 2010

mundial 2014

mundial 2018/2022

mundial de clubes

mundial sub-20

noites europeias

nostalgia

obituário

onze do ano

opinião

polemica

politica

portugal

premier league

premios

real madrid

santuários

seleção

selecções

serie a

sl benfica

sociedade

south africa stop

sporting

taça confederações

taça portugal

taça uefa

tactica

treinadores

treino

ucrania

uefa

todas as tags

subscrever feeds