Terça-feira, 8 de Novembro de 2011

Num país onde o futebol não é, nem de longe, um dos três desportos mais populares, quanto vale um apuramento histórico para um Campeonato da Europa? O peso da tradição joga todo do lado da República da Irlanda mas a grande sensação chega de uma Estónia que há uma dúzia de anos era apenas mais uma equipa entre muitas a abater e que agora se pode tornar na quarta ex-república soviética a marcar presença numa grande prova internacional.

 

É curioso que uma super-potência futebolistica como foi a União Soviética tenha tido, até hoje, apenas três descendentes directos nos palcos mais sonantes do futebol mundial. O apuramento da Rússia em 1994 foi o primeiro de uma ex-república soviética a brilhar com luz própria. Foi preciso esperar 10 anos para um replay, com a insuspeita Letónia a bater todas as previsões. Foi sol de pouca dura e para os letónios hoje a lembrança desse Verão português é algo que não provoca demasiado entusiasmo. Para fechar o trio, dois anos depois, a Ucrânia que sempre parecia estar a ponto de marcar os bilhetes e que sempre ficava apeada no aeroporto, marcou a sua estreia de forma categórica no Mundial da Alemanha. Agora regressa como anfitriã e juntamente com os russos, no próximo mês de Junho está garantida a presença de uma forte herança do futebol dos primeiros campeões europeus. Mas e se em lugar de duas selecções, sejam três as ex-repúblicas a disputar o ceptro continental?

Para os estónios esse fenómeno era surreal apenas há um ano atrás. Afinal o país do Báltico está longe de ser um entusiasta do beautiful game. Em Tallin e arredores qualquer desporto com gelo, e até mesmo o basquetebol, é muito mais popular que o futebol e isso sempre se fez notar. Os clubes estónios primavam pela sua ausência na poderosa liga soviética e as suas equipas, já recém-independentizadas, nunca deram um ar da sua graça nas provas europeias (ao contrário de letões e lituanos, por exemplo). A selecção azul e negra era um rival simpático e bem-vindo em qualquer sorteio. E talvez no futuro tudo volte a ser como dantes. Mas esta semana o mundo do futebol para obrigatoriamente aqui.

O frio de Riga será um rival tão ou mais intenso para os irlandeses como a qualidade da selecção orientada por Tarmo Ruttli.

Quando o seleccionador chegou ao banco da equipa nacional, durante a fase de qualificação para o Mundial da África do Sul, a Estónia estava no 137º lugar do ranking FIFA. Dois anos depois encontra-se no 57º posto, uma metamorfose que poucos conseguem explicar. Não apareceu nenhuma estrela internacional, não há uma verdadeira geração de prodigios e, sobretudo, o país não se apaixonou pela sua equipa nacional. E contra tudo e contra todos, desafiando a pura lógica, os estónios estão a 180 minutos de fazer história.

 

A Irlanda é uma ilha que traz boa sorte aos bálticos.

Nos dois últimos encontros de apuramento a Estónia mediu-se contra a Irlanda do Norte, país que desde 1986 não marca presença numa competição internacional. À partida os irlandeses eram favoritos mas os homens do norte venceram os dois jogos (4-1 em casa e 1-2 fora) e confirmaram uma surpresa absoluta.

Uma viagem que começou um ano e meio antes com um vitória surpreendente em Belgrado contra uma Sérvia que tinha saído do Mundial com a cabeça baixa. Os homens dos Balcâs eram considerados como claros favoritos a disputar a liderança do grupo à Itália de Cesare Prandelli mas os problemas no balneário depois da péssima performance no Mundial ficaram à vista de todos na noite em que a Estónia decidiu começar a tratar a bola por tu. Apesar da derrota com a Itália e a esperada vitória diante das ilhas Faroe muitos imaginavam que o duplo duelo contra a igualmente mundialista Eslovénia iria colocar os estónios no seu respectivo lugar. A derrota no jogo disputado em casa frente aos eslovenos deixou a entender que assim seria mas depois os estónios empataram, também em casa, com a Sérvia e, beneficiando-se de uma campanha exemplar da Itália, viram-se isolados no segundo lugar do grupo. Uma posição que provocou certamente vertigens, de tal forma que a derrota contra a amadora selecção das Faroe funcionou como um verdadeiro choque de realidade. Faltavam três jogos e os estónios necessitavam de somar sete pontos para chegar aos play-off.

E então apareceu Purje.

Numa selecção onde os jogadores actuam todos em clubes de segunda, terceira e quarta linha internacional, que um médio de 26 jogue num modesto cipriota não é novidade. Mas Purje tornou-se num jogador especial quando ao minuto 81 desnivelou a balança (o jogo e o resultado) no duelo na Eslovénia, marcando o agónico 1-2 que deixava tudo nas mão dos homens do Báltico para a ronda final. Só os sérvios lhes poderiam arrebatar o sonho mas a derrota o empate em Itália e a derrota na Eslovénia permitiram à equipa da Estónia fazer história. Sem jogar - depois da dupla vitória contra os irlandeses do Norte - os jogadores celebraram um passaporte único para a fase de play-off onde defrontarão uma Irlanda traumatizada pela derrota diante da França (e dessa mão) há dois anos.

Ninguém espera que os estónios se apurem (aliás, na Irlanda, apesar de Trapatonni, a confiança roça o histerismo) mas a crença nos golos de Konstantin Vassiljev (foram cinco, o melhor registo de sempre da selecção numa fase de apuramento) e no espirito de grupo que Ruttli criou à volta de atletas que roçam quase o amadorismo torna esta eliminatória num dos pratos mais apetecíveis de toda a fase de qualificação. Os irlandeses encontram uma equipa que talvez lhes lembre a eles mesmos, quando Jack Charlton transformou o EIRE num caso sério de popularidade. Quase 25 anos depois, haverá alguém que tenha coragem de não esperar por um milagre no gelo de Riga?



publicado por Miguel Lourenço Pereira às 09:25 | link do post

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.O Autor

Miguel Lourenço Pereira

Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


Ultimas Actualizações

Toni Kroos, el Maestro In...

Portugal, começar de novo...

O circo português

Porta de entrada a outro ...

Os génios malditos alemãe...

Últimos Comentários
Thank you for some other informative web site. Whe...
Só espero que os Merengues consigam levar a melhor...
O Universo do Desporto é um projeto com quase cinc...
ManostaxxGerador Automatico de ideias para topicos...
ManostaxxSaiba onde estão os seus filhos, esposo/a...
Posts mais comentados
69 comentários
64 comentários
47 comentários
arquivos

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

.Em Destaque


UEFA Champions League

UEFA Europe League

Liga Sagres

Premier League

La Liga

Serie A

Bundesliga

Ligue 1
.Do Autor
Cinema
.Blogs Futebol
4-4-2
4-3-3
Brigada Azul
Busca Talentos
Catenaccio
Descubre Promesas
Desporto e Lazer Online
El Enganche
El Fichaje Estrella
Finta e Remate
Futebol Artte
Futebolar
Futebolês
Futebol Finance
Futebol PT
Futebol Total
Jogo de Área
Jogo Directo
Las Claves de Johan Cruyff
Lateral Esquerdo
Livre Indirecto
Ojeador Internacional
Olheiros.net
Olheiros Ao Serviço
O Mais Credível
Perlas del Futbol
Planeta de Futebol
Portistas de Bancada
Porto em Formação
Primeiro Toque
Reflexão Portista
Relvado
Treinador de Futebol
Ze do Boné
Zero Zero

Outros Blogs...

A Flauta Mágica
A Cidade Surpreendente
Avesso dos Ponteiros
Despertar da Mente
E Deus Criou a Mulher
Renovar o Porto
My SenSeS
.Futebol Nacional

ORGANISMOS
Federeção Portuguesa Futebol
APAF
ANTF
Sindicato Jogadores

CLUBES
Futebol Clube do Porto
Sporting CP
SL Benfica
SC Braga
Nacional Madeira
Maritimo SC
Vitória SC
Leixões
Vitoria Setúbal
Paços de Ferreira
União de Leiria
Olhanense
Académica Coimbra
Belenenses
Naval 1 de Maio
Rio Ave
.Imprensa

IMPRENSA PORTUGUESA DESPORTIVA
O Jogo
A Bola
Record
Infordesporto
Mais Futebol

IMPRENSA PORTUGUESA GENERALISTA
Publico
Jornal de Noticias
Diario de Noticias

TV PORTUGUESA
RTP
SIC
TVI
Sport TV
Golo TV

RADIOS PORTUGUESAS
TSF
Rádio Renascença
Antena 1


INGLATERRA
Times
Evening Standard
World Soccer
BBC
Sky News
ITV
Manchester United Live Stream

FRANÇA
France Football
Onze
L´Equipe
Le Monde
Liberation

ITALIA
Gazzeta dello Sport
Corriere dello Sport

ESPANHA
Marca
As
Mundo Deportivo
Sport
El Mundo
El Pais
La Vanguardia
Don Balon

ALEMANHA
Kicker

BRASIL
Globo
Gazeta Esportiva
Categorias

a gloriosa era dos managers

a historia dos mundiais

adeptos

africa

alemanha

america do sul

analise

argentina

artistas

balon d´or

barcelona

bayern munchen

biografias

bota de ouro

braga

brasileirão

bundesliga

calcio

can

champions league

colaboraçoes

copa america

corrupção

curiosidades

defesas

dinamarca

economia

em jogo

entrevistas

equipamentos

eredevise

espanha

euro 2008

euro 2012

euro sub21

euro2016

europe league

europeus

extremos

fc porto

fifa

fifa award

finanças

formação

futebol internacional

futebol magazine

futebol nacional

futebol portugues

goleadores

guarda-redes

historia

historicos

jovens promessas

la liga

liga belga

liga escocesa

liga espanhola

liga europa

liga sagres

liga ucraniana

liga vitalis

ligas europeias

ligue 1

livros

manchester united

medios

mercado

mundiais

mundial 2010

mundial 2014

mundial 2018/2022

mundial de clubes

mundial sub-20

noites europeias

nostalgia

obituário

onze do ano

opinião

polemica

politica

portugal

premier league

premios

real madrid

santuários

seleção

selecções

serie a

sl benfica

sociedade

south africa stop

sporting

taça confederações

taça portugal

taça uefa

tactica

treinadores

treino

ucrania

uefa

todas as tags

subscrever feeds