Sábado, 9 de Janeiro de 2010

Hoje em dia qualquer treinador gosta de ter como pivot defensivo um jogador com caracteristicas particular: deve ser alto, possanto, rápido, bom a sair com a bola nos pés e possante. A juntar isso, preferencialmente, de origem africana. Um contexto hoje banal em qualquer liga europeia. Mas houve uma época em que a situação era bem distinta. Até que apareceu no Arsenal Patrick Vieira. O marechal está de regresso à Premier!

Há um antes e um depois na concepção táctica do médio defensivo com Patrick Vieira.

É provavelmente um dos jogadores mais completos das últimas décadas, um médio de encher o campo com a precisão dos seus movimentos. Possante como poucos, elegante de forma súbtil, Vieira foi o fiel da balança da equipa que redefiniu o jogo bonito a finais dos anos 90. Arsene Wenger percebeu rapidamente que o então jovem médio francês era o elemento ideal para equilibrar a sua balança. Levou-o para Higbury Park - com outro francês de enorme classe, Emanuel Petit - e montou um meio-campo que faria história. Antes de Vieira os médios-defensivos eram habitualmente jogadores baixos e entroncados. Viviam do choque, do golpe e poucos sabiam sair a jogar com a bola. Eram elementos fisicos, operários em equipas de charme. Com Vieira passaram a ser refinados, inteligentes e óptimos leitores de jogo. Com o Arsenal e a França de finais dos anos 90 o médio-defensivo tornou-se no primeiro pensador de jogo ofensivo. Distinto da escola do 4 do Barcelona - onde pontificava então Guardiola - o médio francês era o perfeito aliado do corpo e mente. A sua origem africana - nasceu no Senegal - dava-lhe a força e resistência perfeitas para o lugar. A sua classe definia-o como um jogador desiquilibrante a qualquer momento do jogo.

Durante 10 anos Patrick Vieira viu nascerem sucessivos clones do seu estilo de jogo.

O sucesso do Arsenal de Wenger - onde o médio combinava na perfeição com Petit, Pires, Ljunberg, Bergkamp e Henry - levou a que quase todos os treinadores começassem a procurar imitar o seu modelo de jogo. Encontrar médios fortes fisicamente e de bom toque de bola passou a ser a prioridade em cada defeso. Mourinho encontrou Costinha no FC Porto, o ganês Essien e o nigeriano Obi Mikel no Chelsea e Muntari no Inter. O Barcelona conta com a dupla Keita-Touré. O Real Madrid viveu largos anos à sombra do trabalho de Makelelé. Em França qualquer equipa começou a trabalhar no mercado africano os Diarra, Haruna, Mensah e afins e até mesmo a Itália dos médios-defensivos clássicos não deixou de procurar as suas alternativas e recebeu de bom grado os "gigantes africanos" que seguiam a escola do mestre senegalês. O método Vieira era uma forma refinada de aliar a constante exigência do futebol de alta competição contemporâneo. A passagem da maioria das equipas a um 4-3-3 com um pivot-defensivo (que mais tarde gerou o 4-2-3-1 hoje tão a uso) pedia um jogador que fosse uma âncora defensiva mas que também desse a possibilidade à equipa de começar a jogar rapidamente desde o seu bloco defensivo. Médios excessivamente fisicos da onda de Roy Keane ou Mauro Silva perdiam essa lucidez. Médios excessivamente técnicos como Sammer, Mathaus, Guardiola e companhia eram demasiado ligeiros para arcar defensivamente com o duro jogo do ataque rival. Vieira tinha tudo o que era necessário. E a sua explosão foi revolucionária.

 

Depois de ter arrancado ao lado de Zidane - com que formou uma dupla histórica na equipa dos Bleus de 1996 a 2006 - no Cannes, o médio passou pelo AC Milan antes de ser repescado por Wenger para o seu novo projecto em Londres. Aí esteve sete anos e deixou uma profunda marca no estilo de jogo ofensivo da equipa londrina. Apesar de indisciplinado, Vieira era respeitado por tudo e todos e a sua saída, para a Juventus em 2005 foi um duro golpe às pretensões europeias de Wenger, como este viria a admitir. Desde então o francês procura um sucessor ao médio, de Diaby a Denilson, passando por Flamini e Fabregas, numa primeira fase mais recuado no campo. Sem o mesmo efeito.

Vieira foi feliz em Itália. Dominou a seu belo prazer o meio-campo da Juventus e permitiu a Del Piero, Nedved, Ibrahimovic e Trezeguet a mesma liberdade que dava aos companheiros do Arsenal. Com a descida de divisão do clube de Turim seguiu o sueco e mudou-se para o Inter, onde entrou em colisão com Mourinho. Curiosamente o português é um dos maiores apreciadores do seu estilo de jogo. Mas é pragmático. O Vieira de hoje em nada se assemelha ao jogador que há dez anos deixou a Europa boquiaberta. E deixou-o partir

Por isso Patrick Vieira volta à Premier League.

O Manchester City, novo rei dos milhões, acredita que o francês ainda tem qualidade para equilibrar o meio-campo dos citizens. Uma aposta pessoal de Mancini, o seu primeiro técnico em Milão. Apesar do conjunto de Manchester contar com um meio campo sólido (Johnson, De Jong, Weiss, Barry), o técnico vê o médio francês como a chave para encontrar o equilibrio perfeito. A expectativa é imensa. A recordação de Vieira é forte e em ano de Mundial o médio quer ter a sua última oportunidade. Consiga-a ou não, Patrick Vieira é parte da história viva do jogo, uma lembrança inesquecível de três equipas chave para compreender a evolução futebolistica dos últimos 15 anos. Um homem nascido para ganhar!



publicado por Miguel Lourenço Pereira às 19:36 | link do post

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.O Autor

Miguel Lourenço Pereira

Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


Ultimas Actualizações

Toni Kroos, el Maestro In...

Portugal, começar de novo...

O circo português

Porta de entrada a outro ...

Os génios malditos alemãe...

Últimos Comentários
Thank you for some other informative web site. Whe...
Só espero que os Merengues consigam levar a melhor...
O Universo do Desporto é um projeto com quase cinc...
ManostaxxGerador Automatico de ideias para topicos...
ManostaxxSaiba onde estão os seus filhos, esposo/a...
Posts mais comentados
69 comentários
64 comentários
47 comentários
arquivos

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

.Em Destaque


UEFA Champions League

UEFA Europe League

Liga Sagres

Premier League

La Liga

Serie A

Bundesliga

Ligue 1
.Do Autor
Cinema
.Blogs Futebol
4-4-2
4-3-3
Brigada Azul
Busca Talentos
Catenaccio
Descubre Promesas
Desporto e Lazer Online
El Enganche
El Fichaje Estrella
Finta e Remate
Futebol Artte
Futebolar
Futebolês
Futebol Finance
Futebol PT
Futebol Total
Jogo de Área
Jogo Directo
Las Claves de Johan Cruyff
Lateral Esquerdo
Livre Indirecto
Ojeador Internacional
Olheiros.net
Olheiros Ao Serviço
O Mais Credível
Perlas del Futbol
Planeta de Futebol
Portistas de Bancada
Porto em Formação
Primeiro Toque
Reflexão Portista
Relvado
Treinador de Futebol
Ze do Boné
Zero Zero

Outros Blogs...

A Flauta Mágica
A Cidade Surpreendente
Avesso dos Ponteiros
Despertar da Mente
E Deus Criou a Mulher
Renovar o Porto
My SenSeS
.Futebol Nacional

ORGANISMOS
Federeção Portuguesa Futebol
APAF
ANTF
Sindicato Jogadores

CLUBES
Futebol Clube do Porto
Sporting CP
SL Benfica
SC Braga
Nacional Madeira
Maritimo SC
Vitória SC
Leixões
Vitoria Setúbal
Paços de Ferreira
União de Leiria
Olhanense
Académica Coimbra
Belenenses
Naval 1 de Maio
Rio Ave
.Imprensa

IMPRENSA PORTUGUESA DESPORTIVA
O Jogo
A Bola
Record
Infordesporto
Mais Futebol

IMPRENSA PORTUGUESA GENERALISTA
Publico
Jornal de Noticias
Diario de Noticias

TV PORTUGUESA
RTP
SIC
TVI
Sport TV
Golo TV

RADIOS PORTUGUESAS
TSF
Rádio Renascença
Antena 1


INGLATERRA
Times
Evening Standard
World Soccer
BBC
Sky News
ITV
Manchester United Live Stream

FRANÇA
France Football
Onze
L´Equipe
Le Monde
Liberation

ITALIA
Gazzeta dello Sport
Corriere dello Sport

ESPANHA
Marca
As
Mundo Deportivo
Sport
El Mundo
El Pais
La Vanguardia
Don Balon

ALEMANHA
Kicker

BRASIL
Globo
Gazeta Esportiva
Categorias

a gloriosa era dos managers

a historia dos mundiais

adeptos

africa

alemanha

america do sul

analise

argentina

artistas

balon d´or

barcelona

bayern munchen

biografias

bota de ouro

braga

brasileirão

bundesliga

calcio

can

champions league

colaboraçoes

copa america

corrupção

curiosidades

defesas

dinamarca

economia

em jogo

entrevistas

equipamentos

eredevise

espanha

euro 2008

euro 2012

euro sub21

euro2016

europe league

europeus

extremos

fc porto

fifa

fifa award

finanças

formação

futebol internacional

futebol magazine

futebol nacional

futebol portugues

goleadores

guarda-redes

historia

historicos

jovens promessas

la liga

liga belga

liga escocesa

liga espanhola

liga europa

liga sagres

liga ucraniana

liga vitalis

ligas europeias

ligue 1

livros

manchester united

medios

mercado

mundiais

mundial 2010

mundial 2014

mundial 2018/2022

mundial de clubes

mundial sub-20

noites europeias

nostalgia

obituário

onze do ano

opinião

polemica

politica

portugal

premier league

premios

real madrid

santuários

seleção

selecções

serie a

sl benfica

sociedade

south africa stop

sporting

taça confederações

taça portugal

taça uefa

tactica

treinadores

treino

ucrania

uefa

todas as tags

subscrever feeds