Quinta-feira, 17 de Dezembro de 2009

Quando se lembre este Barcelona os primeiros jogadores que virão à memória de qualquer adepto são consensuais. Xavi, Messi, Etoo, Iniesta, Ibrahimovic, Valdez, Pique, Puyol, enfim, a nata do Pep Team. No entanto só um jogador pode presumir de ter sido verdadeiramente histórico. Com o seu golo de ontem, pleno de oportunismo, Pedro Rodriguez tornou-se no primeiro jogador da história em marcar golos em todas as competições do ano. En Can Barça nasceu uma nova estrela. Para a história recordar.

Contemos esta fábula de trás para a frente. Pelo o último capitulo.

Minuto 55 em Abu Dhabi. O Barcelona dá a volta ao marcador e Guardiola suspira de alivio. Começa outro jogo, totalmente diferente. Nota-se no olhar dos jogadores. Querem fazer história. Mas outra pequena grande história. O "Barcelona das 6 Taças" é uma realidade quase iminente. Mas antes desse momento histórico no balneário blaugrana festeja-se outro registo inesquecível. Doze minutos depois Andrés Iniesta regateia dois defesas e coloca a bola a jeito. O jovem canário Pedro Rodriguez, que muitos ainda insistem em chamar de Pedrito, recebe a bola e fuzila as redes do Atlante. O estádio vem abaixo e toda a equipa se precipita sobre ele. Está cumprido o seu sonho. Marcar golos em todas as competições num só ano. Algo que ninguém nunca tinha logrado em mais de cem anos de história. Até que chegou este jovem das Canárias a Barcelona. Depois de um periodo de formação ao serviço de Guardiola começou a treinar com a primeira equipa. A pouco e pouco foi encontrando o seu espaço. E a demonstrar o quão letal pode ser o faro goleador de um extremo.

 

Pedro Rodriguez é a grande sensação de um campeão que ainda não se encontrou com o espelho. O reflexo da época transacta ainda intimida e de que maneira. A equipa teima em mastigar muito a bola e a beleza estética exibida no início de 2009 hoje é uma leve miragem. No meio disto tudo há espaço para crescer. Sem pressão. Há sempre outros com ombros mais largos. Esse atrevimento protegido de Pedro espelha bem o espirito que Guardiola dá aos seus jogadores. Quando lhe perguntaram se estava consciente do record histórico que o seu jogador poderia lograr, Guardiola sorriu, e em lugar de fazer o tipico discurso de que a equipa está em primeiro lugar foi contundente: "Se é assim, vai ser titular de certeza!". E foi. E marcou. E fez história. Outra vez.

Recuamos alguns meses, estamos em Agosto. O Barcelona visita o estádio de San Mamés para disputar a Supertaça de Espanha. Um drible, uma diagonal, um remate poderosissímo. Golo. Do jovem Pedrito. Um golo repleto de atrevimento. Era o 2-1 decisivo que dava o primeiro trofeu da época ao Barcelona. O quarto do ano 2009. Treze dias depois no Monaco o Shaktar Donetsk vai travando a armada blaugrana. O 0-0 prolonga-se no marcador até que o técnico lança o jovem extremo. Um rápido slalom, um remate impertinente e a muralha desmorona-se. Segundo troféu em duas semanas e dois golos mais para a conta pessoal de Pedro. Semanas depois o jovem extremo volta a mostrar a sua eficácia na Liga espanhola ao apontar o golo vencedor diante do Almeria. Uma semana depois novo golo na Taça do Rei frente ao Cultural Leonesa. E quinze dias depois no Camp Nou o golo que deu o triunfo sobre o Dynamo de Kiev. As contas eram fáceis. Cinco provas disputadas, cinco golos apontados. Só faltava uma prova no calendário do ano. E um golo. E assim se cumpriu o destino alegro de Don Pedro.

 

O jovem extremo é a última pérola a sacar La Masia. Recrutado bem jovem a um pequeno clube das Canárias, o jovem de Santa Cruz de Tenerife passou duas temporadas na equipa B do Barcelona. No primeiro ano teve a Guardiola como técnico. Quando este foi promovido a técnico principal o jovem Pedro estava num lote de jovens que queria promover junto a Busquets, Muniesa, Jeffre, Asulin, Sanchez e dos Santos. A pouco e pouco foi treinando com a primeira equipa e estreou-se no final da temporada passada já com o Barça plenamente consagrado. Foi a partir da pré-época que o jovem de 21 anos começou a ganhar protagonismo face às lesões de Henry e Messi. Os golos surgiram de forma natural num jogador que procura constantemente o cara a cara e não tem receio de ensaiar o remate. Esteja onde estiver. Relegado várias vezes por Guardiola para o banco, tem funcionado como alavanca fulcral para resolver jogos complicados. E como provam os seus históricos golos o extremo tem cumprido. Com Henry a caminhar a passos largos para o final da sua carreira, Pedro Rodriguez perfila-se como o seu sucessor natural. Vai ganhando ritmo e minutos nas pernas. Mas também titulos e recordes históricos.

Muitos reclamam uma titularidade indiscutível para um dos jogadores mais em forma dos blaugrana. Mas apesar da pressão mediática Guardiola sabe como medir a dose dos seus jovens talentos. Pedro terá certamente novas oportunidades de voltar a exibir o seu talento. E a selecção espanhola é a última meta. Mais um prodigio para complicar as contas a Vicente del Bosque. E um nome obrigatório para um futuro que já passou.



Miguel Lourenço Pereira às 09:51 | link do post | comentar

.O Autor

Miguel Lourenço Pereira

Fundamental.
EnfoKada
Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


FUTEBOL MAGAZINE. revista de futebol online


Futebol Magazine


Traductor


Ultimas Actualizações

Toni Kroos, el Maestro In...

Portugal, começar de novo...

O circo português

Porta de entrada a outro ...

Os génios malditos alemãe...

Be right back

2014, um Mundial de parad...

Brasil vs Alemanha, o fim...

Di Stefano, o jogador mai...

Portugal, as causas da hu...

Últimos Comentários
ManostaxxSaiba onde estão os seus filhos, esposo/a...
En el libro último de Carlos Daniel ni siquiera se...
.Xavi e o melhor jogador meio campista atual e da ...
.Xavi e o melhor jogador meio campista atual e da ...
Ya existe Avenida Eusebio, Estadio da Luz; NO EXIS...
Posts mais comentados
69 comentários
64 comentários
47 comentários
Arquivo
.Do Autor
Cinema
.Blogs Portugueses
4-4-2
A Outra Visão
Açores e o Futebol
Duplo Pivot
Foot in My Heart
Futebol Finance
Futebol Portugal
Lateral Esquerdo
Leoninamente
Minuto Zero
Negócios do Futebol
Pitons em Riste
Porta 19
Portistas de Bancada
Reflexão Portista
TreinadorFutebol
.Blogs Internacionais
Os mais destacados blogs internacionais de futebol
.Imprensa Desportiva
Edições Online Imprensa
Aviso

Podem participar nesta tertúlia futebolistíca enviando os vossos comentários e sugestões à direcção de correio electrónico: Miguel.Lourenco.Pereira@gmail.com


Bem Vindos a Em Jogo...


Nota



O Em Jogo informa os leitores que as fotos publicadas não são da autoria do weblog sendo que os seus respectivos direitos pertencem aos seus legítimos autores.



Siga o Em Jogo através do:

Follow Em_Jogo on Twitter


Em Jogo

Crea tu insignia

Bem vindo!

Categorias

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO