Sábado, 4 de Julho de 2009

Depois de ter sido o wonderboy da Kop agora Michael Owen quer ser o rei de Old Trafford. Explicar ao mundo que o passado se pode transformar facilmente em futuro e que os últimos anos foram um vazio inexplicável e sem sentido na carreira de um dos mais geniais avançados britânicos da história. Depois do notável percurso em Liverpool e da experiência falhada em Madrid, as lesões tornaram a carreira de Owen um inferno. Aos 29 anos esta é a sua última oportunidade, e ele (e todos) sabe bem disso.

 

Foi a noticia mais surpreendente do mercado de Verão e o truque na manga de Alex Ferguson, técnico habituado a apanhar de surpresa o mais escéptico, face à saída de Cristiano Ronaldo e Carlos Tevez. Criticado na gestão do caso do argentino e aplaudido pela forma como aguentou até ao limite (e 96 milhões é um limite respeitável), Ferguson sabia que precisava de um golpe de efeito para voltar a colocar o nome do Manchester United na capa dos jornais. E que melhor do que contratar um dos mais miticos avançados da história do eterno rival e um simbolo do futebol inglês? E a custo zero?

A verdade é que este é o golpe mais arriscado na carreira do escocês. Se não funcionar, se Owen vir-se traído de novo pelas lesões, não haverá ninguém que não poupe Ferguson e ataque com um "eu bem que avisei". Mas, e se funcionar? E se Owen operar o mesmo inesperado regresso que se verificou com Ronaldo? Não estava o avançado brasileiro morto e enterrado nas vésperas do Mundial de 2002, depois de várias lesões e operações que tinham-no apagado por completo do mapa? E não voltou em grande o "Fenómeno" para mais uma etapa de glória que lhe durou uma meia dúzia de temporadas mais?

 

Michael Owen sabe que esta é a última oportunidade para a sua carreira.

Com 30 anos o avançado tem consciência de que está na última etapa da sua carreira e precisa de que o corpo não lhe falhe. Após a falhada experiência no Real Madrid o dianteiro decidiu voltar á Premier League mas a má forma na liga espanhola fez com que os grandes clubes hesitassem em apostar nele. O Newcastle viu em Owen a figura perfeita para o seu projecto mas foi aí que surgiram as primeiras lesões que o atiraram para fora dos relvados durante quase dois anos. A descida de divisão dos "geordies" consumou a queda em desgraça do jovem prodigio que em 1996 se estreou com 17 anos pelo Liverpool e que dois anos depois surpreendeu meio mundo pela sua performance no Mundial de França, onde apontou um golo de antologia nos oitavos de final. Desde então Owen foi perdendo protagonismo na equipa dos Pross e Fabio Capello nunca o considerou como real opção. Mas tudo pode mudar. O seleccionador já disse estar esperançado num comeback verdadeiro e em Inglaterra fala-se já numa dupla Rooney-Owen em Old Trafford que se translade para o ataque da equipa da rosa. Ferguson procura um complemento perfeito em velocidade e pericia para o seu avançado titular, agora que sabe que sem Tevez e Ronaldo, jogadores mais versáteis, terá de voltar ao clássico 4-4-2. O último inglês em conseguir o Ballon D´Or chega quando o último jogador do Man Utd a ganhar o prestigiado galardão acaba de partir.

 

Em Old Trafford os adeptos esfregam as mãos. Esperam que o antigo idolo dos maiores rivais se torne na sua nova bandeira ao mesmo tempo que acreditam que Michael Owen ainda tem muito para dar. O passado recente parece dizer todo o contrário mas o futebol está repleto de jogadores marcados pelas lesões que tiveram direito a uma segunda oportunidade. Para os amantes do futebol o regresso aos grandes palcos de um jogador de génio como Owen é mais uma oportunidade para acreditar na velha crença da eterna juventude. 



Miguel Lourenço Pereira às 22:10 | link do post | comentar

.O Autor

Miguel Lourenço Pereira

Fundamental.
EnfoKada
Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


FUTEBOL MAGAZINE. revista de futebol online


Futebol Magazine


Traductor


Ultimas Actualizações

Toni Kroos, el Maestro In...

Portugal, começar de novo...

O circo português

Porta de entrada a outro ...

Os génios malditos alemãe...

Be right back

2014, um Mundial de parad...

Brasil vs Alemanha, o fim...

Di Stefano, o jogador mai...

Portugal, as causas da hu...

Últimos Comentários
ManostaxxGerador Automatico de ideias para topicos...
ManostaxxSaiba onde estão os seus filhos, esposo/a...
En el libro último de Carlos Daniel ni siquiera se...
.Xavi e o melhor jogador meio campista atual e da ...
.Xavi e o melhor jogador meio campista atual e da ...
Posts mais comentados
69 comentários
64 comentários
47 comentários
Arquivo
.Do Autor
Cinema
.Blogs Portugueses
4-4-2
A Outra Visão
Açores e o Futebol
Duplo Pivot
Foot in My Heart
Futebol Finance
Futebol Portugal
Lateral Esquerdo
Leoninamente
Minuto Zero
Negócios do Futebol
Pitons em Riste
Porta 19
Portistas de Bancada
Reflexão Portista
TreinadorFutebol
.Blogs Internacionais
Os mais destacados blogs internacionais de futebol
.Imprensa Desportiva
Edições Online Imprensa
Aviso

Podem participar nesta tertúlia futebolistíca enviando os vossos comentários e sugestões à direcção de correio electrónico: Miguel.Lourenco.Pereira@gmail.com


Bem Vindos a Em Jogo...


Nota



O Em Jogo informa os leitores que as fotos publicadas não são da autoria do weblog sendo que os seus respectivos direitos pertencem aos seus legítimos autores.



Siga o Em Jogo através do:

Follow Em_Jogo on Twitter


Em Jogo

Crea tu insignia

Bem vindo!

Categorias

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO