Sexta-feira, 10 de Agosto de 2012

poucos guarda-redes com tanta projecção de futuro actualmente como o alemão Marc-André Stegen. Num país desenhado à base de grandes números 1, desde Tilkowski a Manuel Neuer, o homem que defende as redes do Borussia Monchengladbach é mais um desses nomes para a posteridade. Se a sua equipa entrar na fase de grupos da Champios League, Stegen terá uma oportunidade de ouro para consagrar-se como um dos melhores do continente.

 

Não chegou ao último Europeu, nem como terceira opção de Joachim Low mas ninguém duvida que é o homem do futuro

Apesar da juventude de Neuer e da classe de René Adler, dois dignos rivais, a projecção de futuro de Stegen é inquestionável. Na história do futebol alemão é raro que um guarda-redes se aguente nas redes da selecção absoluta mais do que meia dúzia de anos. Apesar da longevidade daqueles que ocupam a posição nuclear no sector defensivo, isso permitiu aos alemães conhecerem grandes guardiões da mesma geração. Aconteceu com Schumacher e Immell. Com Kopke e Illgner. Com Kahn e Lehman. Com Adler e Neuer. E agora Stegen pede para ser o próximo da lista.

Com 20 anos apenas o futuro é mais do que radiante. São 30 jogos na mais alta competição em dois anos ao serviço do Monchengladbach, período em que fez parte da profunda transformação de um clube histórico numa potência reconvertida. Ao serviço de Lucien Favre, o guardião tornou-se no pilar defensivo de uma equipa que se fez notar pela qualidade do seu ataque com Reus, Camargo, Hanke e Arango. E que acabou por se revelar fundamental na corrida da passada Bundesliga que terminou com um histórico quarto lugar, o melhor posto do clube em três décadas.

 

Com 1m89, Stegen corresponde fisicamente ao estereótipo de guarda-redes alemão.

Imponente, domina a área com uma autoridade inaudita num jogador tão jovem, e a sua capacidade de reacção fez-se notar, sobretudo nos momentos mais complicados da última temporada. Depois de superar definitivamente a concorrência do igualmente promissor belga Logan Bailly, a sua capacidade de liderança ficou evidente no primeiro jogo da época, o seu primeiro duelo com Neuer. O Bayern Munchen, que tinha preferido o ex-número 1 do Schalke 04 ao homem de Monchengladbach, perdeu com um erro da sua nova contratação e Stegen parou tudo o que havia para parar, garantindo o precioso triunfo de 1-0. Foi a primeira de muitas vezes que o guarda-redes salvou a equipa.

Depois do sofrimento da época de estreia, com o duelo nos play-offs que garantiu a manutenção do clube, ter Stegen transformou-se num dos homens da liga levando a maior glória alemã nas redes, Sepp Maier, a compará-lo com Neuer com a substancial diferença da idade que joga a seu favor. Eleito no onze ideal da Bundesliga por vários especialistas, foi abordando por alguns clubes ingleses no mercado de transferências mas deixou claro que o primeiro objectivo é estabeleceres como figura chave em Monchengladbach.

 

Na realidade do futebol alemão, e com o lugar no Allianz Arena reservado para os próximos anos, é difícil ter Stegen encontrar melhor sitio para continuar a crescer. Mas ninguém duvida que, mais cedo que tarde, o protagonismo que agora tem o polémico Neuer passe progressivamente para um guarda-redes que se desvia das polémicas com a mesma facilidade com que desvia remates às redes. 



Miguel Lourenço Pereira às 10:57 | link do post | comentar

.O Autor

Miguel Lourenço Pereira

Fundamental.
EnfoKada
Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


FUTEBOL MAGAZINE. revista de futebol online


Futebol Magazine


Traductor


Ultimas Actualizações

Toni Kroos, el Maestro In...

Portugal, começar de novo...

O circo português

Porta de entrada a outro ...

Os génios malditos alemãe...

Be right back

2014, um Mundial de parad...

Brasil vs Alemanha, o fim...

Di Stefano, o jogador mai...

Portugal, as causas da hu...

Últimos Comentários
ManostaxxGerador Automatico de ideias para topicos...
ManostaxxSaiba onde estão os seus filhos, esposo/a...
En el libro último de Carlos Daniel ni siquiera se...
.Xavi e o melhor jogador meio campista atual e da ...
.Xavi e o melhor jogador meio campista atual e da ...
Posts mais comentados
69 comentários
64 comentários
47 comentários
Arquivo
.Do Autor
Cinema
.Blogs Portugueses
4-4-2
A Outra Visão
Açores e o Futebol
Duplo Pivot
Foot in My Heart
Futebol Finance
Futebol Portugal
Lateral Esquerdo
Leoninamente
Minuto Zero
Negócios do Futebol
Pitons em Riste
Porta 19
Portistas de Bancada
Reflexão Portista
TreinadorFutebol
.Blogs Internacionais
Os mais destacados blogs internacionais de futebol
.Imprensa Desportiva
Edições Online Imprensa
Aviso

Podem participar nesta tertúlia futebolistíca enviando os vossos comentários e sugestões à direcção de correio electrónico: Miguel.Lourenco.Pereira@gmail.com


Bem Vindos a Em Jogo...


Nota



O Em Jogo informa os leitores que as fotos publicadas não são da autoria do weblog sendo que os seus respectivos direitos pertencem aos seus legítimos autores.



Siga o Em Jogo através do:

Follow Em_Jogo on Twitter


Em Jogo

Crea tu insignia

Bem vindo!

Categorias

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO