Sexta-feira, 12 de Agosto de 2011

Longe vão os dias dos golos de Silvio Piola. A era dourada do "Quadrilatero Piedmontese". Os dias em que Novara era um dos centros periféricos do calcio italiano. Durante 55 anos o seu clube de futebol viveu uma profunda letargia emocional e a reputação desportiva da pequena localidade virada para os Alpes limitou-se aos sucessos da equipa de hockey em patins. Até agora. Mais de meio século depois, os Biancoazzurri voltam à elite desafiando o peso da memória.

Ninguém marcou tantos golos em Itália como o histórico Piola.

O seu nome continua na memória dos locais, estampado com orgulho na entrada principal do estádio do seu Novara. O dianteiro italiano foi a grande figura da selecção orientada por Vittorio Pozzo durante as duas Guerras Mundiais. A primeira bicampeã do Mundo. O capitão era Meazza mas os golos eram de Piola. Depois da Guerra o mitico goleador assinou pelo modesto clube piemontês. Por essa altura muitos corriam às bancadas do velho estádio Comunale da pequena cidade alpina. Novara, que nos anos 20 tinha feito parte de um quadrado mágico que definiu a natureza do futebol italiano, renascia. Na década de 20, quando Piola começou a brilhar, o peso do Piemonte, eixo onde o jogo cresceu e entrou na sua era profissional, era reconhecido pelo sucesso de Alessandria, Casali, Pro Vercelli e Novara. Quatro equipas que disputavam ao duo de Turim, Juventus e Torino, a supremacia regional. Com o final da carreira do histórico goleador a memória de Novara foi tornando-se profundamente difusa com o passar dos anos. O adeus de Piola deixou marcas no clube. Em 1956 a equipa caiu no poço da Serie B.

O que parecia um periodo de transição curto transformou-se num longo pesadelo. Cinco anos depois de lutar por voltar à elite o Novara voltou a cair, desta vez nas trevas da Serie C. Desta vez a reacção foi rápida e a equipa demorou apenas duas temporadas a voltar à Serie B. Mas como as restantes equipas do "Quadrilatero" a Serie A tornou-se numa longa e sofrida utopia. Em 1977, com o futebol italiano prestes a entrar numa das suas etapas mais negras o clube voltou a cair à Serie C e três anos depois perdeu mesmo a condição de clube profissional quando aterrou na liga amadora da Serie C 2. Parecia que o mitico Novara, o clube de Piola, estava perto do fim. Até que um milagre mudou por completo a vida do clube.

 

Em 2009/2010 o Novara surpreendeu tudo e todos ao conseguir a promoção para a Serie B.

Foi um ano sofrido, cheio de problemas financeiros, mas com um final feliz. Ninguém imaginava que o clube conseguisse manter a categoria na segunda divisão do Calcio e as expectativas dos locais estavam longe de imaginar o que sucederia no final da temporada.

A chegada de um novo director desportivo, Pasquale Sensibile, e de um novo técnico, Attilio Tesser, mudou por completo o rosto de uma equipa que tinha terminado as duas temporadas anteriores no oitavo posto da Serie C. O sucesso da dupla na promoção à Serie B continuou com um arranque de época estupendo, rompendo com todos os prognósticos mais pessimistas. Liderados por Marco Rigoni, o Novarra rapidamente tomou para si o primeiro posto da tabela classificativa onde se foi mantendo, mês após mês. Quando chegou o mês de Dezembro a gasolina começou a faltar e o clube, até então invencivel, perdeu os primeiros pontos permitindo a Atalanta e Siena uma rápida aproximação na tabela classificativa. Em Fevereiro a equipa já tinha caído para o terceiro lugar e muitos imaginavam que a queda livre continuaria nas jornadas seguintes.  A equipa levava sete jornadas consecutivas sem ganhar mas Tesser encontrou forma de reajustar uma defesa em horas baixas e os bons resultados voltaram. Depois de um triunfo frente ao Ascoli, sofrido, a equipa voltou aos bons resultados e chegou ao final da época regular no terceiro posto. Um lugar perigoso porque obrigava a um duplo confronto em modo de play-off. O primeiro duelo duplo foi disputado com a sexta classificada, a Reggina. Duplo empate, primeiro 0-0 em casa e depois 2-2 fora garantiram o apuramento para a final do play-off onde a equipa biancoazurri teria de bater o Padova.

O primeiro jogo disputou-se a 9 de Junho na cidade de Padua e o empate a zero foi um resultado lisonjeiro para o conjunto visitante que tinha precisamente garantido o apuramento na ronda anterior graças aos golos marcados fora. Mas três dias depois, com o estádio Silvio Piola lotado, a equipa local superou-se e venceu categoricamente por 2-0 confirmando assim uma promoção, a todos os titulos inesperada. 55 anos depois a magia da Serie A voltava a ecoar na memória dos locais.

 

Não é dificil, pela trajectória recente, que todos olhem para o Novara como o primeiro candidato a cair de novo na Serie B quando a próxima edição da Serie A chegue ao fim. Mas é precisamente esse espirito de luta e a capacidade de superar as expectativas que transforma o regresso deste modesto histórico num dos pratos mais apeteciveis do Calcio para a época que agora arranca!



Miguel Lourenço Pereira às 00:21 | link do post | comentar

1 comentário:
De eduardo a 14 de Agosto de 2011 às 16:30
http://olheirodesofa.blogspot.com/2011/08/httplateral-esquerdo.html


Comentar post

.O Autor

Miguel Lourenço Pereira

Fundamental.
EnfoKada
Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


FUTEBOL MAGAZINE. revista de futebol online


Futebol Magazine


Traductor


Ultimas Actualizações

Toni Kroos, el Maestro In...

Portugal, começar de novo...

O circo português

Porta de entrada a outro ...

Os génios malditos alemãe...

Be right back

2014, um Mundial de parad...

Brasil vs Alemanha, o fim...

Di Stefano, o jogador mai...

Portugal, as causas da hu...

Últimos Comentários
En el libro último de Carlos Daniel ni siquiera se...
.Xavi e o melhor jogador meio campista atual e da ...
.Xavi e o melhor jogador meio campista atual e da ...
Ya existe Avenida Eusebio, Estadio da Luz; NO EXIS...
¡Suerte....!
Posts mais comentados
69 comentários
64 comentários
47 comentários
Arquivo
.Do Autor
Cinema
.Blogs Portugueses
4-4-2
A Outra Visão
Açores e o Futebol
Duplo Pivot
Foot in My Heart
Futebol Finance
Futebol Portugal
Lateral Esquerdo
Leoninamente
Minuto Zero
Negócios do Futebol
Pitons em Riste
Porta 19
Portistas de Bancada
Reflexão Portista
TreinadorFutebol
.Blogs Internacionais
Os mais destacados blogs internacionais de futebol
.Imprensa Desportiva
Edições Online Imprensa
Aviso

Podem participar nesta tertúlia futebolistíca enviando os vossos comentários e sugestões à direcção de correio electrónico: Miguel.Lourenco.Pereira@gmail.com


Bem Vindos a Em Jogo...


Nota



O Em Jogo informa os leitores que as fotos publicadas não são da autoria do weblog sendo que os seus respectivos direitos pertencem aos seus legítimos autores.



Siga o Em Jogo através do:

Follow Em_Jogo on Twitter


Em Jogo

Crea tu insignia

Bem vindo!

Categorias

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO