Domingo, 22 de Maio de 2011

 

Portimonense

 

Houve muita ilusão à volta do regresso do Portimonense à Liga Sagres.

Depois de muitos anos sem conjuntos algarvios a prova ia viver o seu primeiro derby regional em muitos, muitos anos. Mas as conhecidas fragilidades do clube de Portimão foram sempre evidentes e a permanência revelou-se um desafio talvez demasiado dificil para um projecto que está a crescer mas que ainda necessita de mais estruturação para triunfar.

 

Jogar quase toda a primeira volta longe de casa, do calor e força dos fervorosos adeptos locais, foi um duro handicap que teve o seu preço. Em lugar de fazer de Portimão o seu bastião os pontos perdidos em casa revelaram-se decisivos nos duelos com as restantes equipas da parte baixa da tabela. Sem dinheiro, o conjunto algarvio viveu da bondade de estranhos, neste caso do FC Porto que emprestou vários atletas à entidade alvinegra sem que nenhum deles, com a excepção de Ventura, tenha deixado um impacto significativo, todo o contrário do que pode presumir o Olhanense na época anterior. Sem essa estrutura dentro e fora do terreno de jogo a falta de fluidez de jogo e de golos tornaram inevitavel o estatuto de lanterna vermelha que o Portimonense manteve ao largo de grande parte da época.

 

Nem o honroso sprint final lhes serviu porque os rivais directos, Setúbal e Académica, souberam fazer os trabalhos de casa a tempo e evitaram assim, pela primeira vez em muito tempo, a agonia da última jornada para fazer contas. O projecto algarvio tem pernas para andar, resta saber se como a despromoção será recibida numa cidade que pode voltar a respirar futebol de primeira depois de vinte anos de longos suspiros de nostalgia.

 

Naval 1º de Maio

 

Ano após ano o clube figueirense entrava directamente nas listas dos principais candidatos à despromoção.

 

Ano após ano encontrava forma de salvar-se comodamente. Há cinco anos, quando aterrou pela primeira vez na Liga Sagres, a Naval 1º de Maio era um alienigena no futebol português. Um clube sem história, sem grande apoio popular, sem dinheiro para gastar e sem um estilo de jogo convincente. Durante este periodo de tempo foi talvez uma das equipas mais cinzentas do país. Talvez por isso poucos sintam a sua falta entre o top 16 do futebol luso.

 

O conjunto que arrancou, um ano mais, com muitas incorporações estrangeiras, não demorou a dar uma profunda sensação de fragilizado. Muitos erros atrás, demasiada ineficácia à frente. Sem um desiquilibrador no onze, os figueirenses foram vivendo do colectivo até onde este lhes permitia chegar. Nem a vitória com o Benfica e o empate com o Sporting serão recordados como um grande feito de um clube que acabou nas mãos de Carlos Mozer, incapaz de dar a volta à situação, depois dos desastrosos mandatos de anteriores. Teme-se que para um clube tão sui generis como a Naval a despromoção seja mais um longo adeus que um breve até já. 



Miguel Lourenço Pereira às 14:39 | link do post | comentar

1 comentário:
De Tiago a 23 de Maio de 2011 às 11:37
Esse cantico é ofensivo para todos os portugueses. Já ouvi isso cá em portugal, cantado por espanhóis... hermanos, hermanos.....

Abraço




Comentar post

.O Autor

Miguel Lourenço Pereira

Fundamental.
EnfoKada
Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


FUTEBOL MAGAZINE. revista de futebol online


Futebol Magazine


Traductor


Ultimas Actualizações

Toni Kroos, el Maestro In...

Portugal, começar de novo...

O circo português

Porta de entrada a outro ...

Os génios malditos alemãe...

Be right back

2014, um Mundial de parad...

Brasil vs Alemanha, o fim...

Di Stefano, o jogador mai...

Portugal, as causas da hu...

Últimos Comentários
En el libro último de Carlos Daniel ni siquiera se...
.Xavi e o melhor jogador meio campista atual e da ...
.Xavi e o melhor jogador meio campista atual e da ...
Ya existe Avenida Eusebio, Estadio da Luz; NO EXIS...
¡Suerte....!
Posts mais comentados
69 comentários
64 comentários
47 comentários
Arquivo
.Do Autor
Cinema
.Blogs Portugueses
4-4-2
A Outra Visão
Açores e o Futebol
Duplo Pivot
Foot in My Heart
Futebol Finance
Futebol Portugal
Lateral Esquerdo
Leoninamente
Minuto Zero
Negócios do Futebol
Pitons em Riste
Porta 19
Portistas de Bancada
Reflexão Portista
TreinadorFutebol
.Blogs Internacionais
Os mais destacados blogs internacionais de futebol
.Imprensa Desportiva
Edições Online Imprensa
Aviso

Podem participar nesta tertúlia futebolistíca enviando os vossos comentários e sugestões à direcção de correio electrónico: Miguel.Lourenco.Pereira@gmail.com


Bem Vindos a Em Jogo...


Nota



O Em Jogo informa os leitores que as fotos publicadas não são da autoria do weblog sendo que os seus respectivos direitos pertencem aos seus legítimos autores.



Siga o Em Jogo através do:

Follow Em_Jogo on Twitter


Em Jogo

Crea tu insignia

Bem vindo!

Categorias

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO