Sábado, 31 de Julho de 2010

O país que apresentou ao mundo o Wunderteam há muito que agoniza. A sua liga perde, ano atrás ano, popularidade e carisma e a equipa nacional cometeu o feito de cair na primeira ronda do Europeu que organizou. No meio de tanto drama, uma boa noticia para alegrar o futebol austriaco: Yashin Pehlivan, o profeta dos descrentes.

A diáspora turca tem uma forte presença em Viena. Longe vão os dias do cerco, mas é inevitável caminhar pelas ruas arejadas da capital do centro da Europa e não sentir a presença de Istambul por todos os poros. Num país orgulhoso da sua origem, um país onde países nacionalistas de extrema-direita conseguem votações expressivas, não deixa de ser irónico que o futuro da sua equipa nacional esteja depositada num desses filhos de nenhum sitio, a meio caminho entre a Turquia e a Áustria.

Yashin Pehlivan nasceu em Janeiro de 1989 em Viena, filho de emigrantes de segunda geração vindos da Turquia nos anos 60 à procura de uma vida melhor. Para o jovem essa vida passa pelo futebol. Sempre foi assim. Desde os seus 10 anos que joga regularmente por clubes vieneses e pela equipa nacional de um país que tem em Krankl e Polster os seus últimos grandes heróis...de há mais de 20 anos. A Austria perdeu toda a importância que detinha no futebol internacional e, exceptuando o Euro 2008 que organizou, desde 1998 que não participa numa grande prova internacional. Muito pouco para um país com tanta história. Quando Pehlivan começou a jogar, o seu país despedia-se sem honra nem glória do Mundial de França. Dois anos depois começou a sua aventura no First Vienna FC, o clube mais antigo da Áustria. Passou aí os seus anos de iniciado, com breves empréstimos ao clube que originalmente o formou, o modesto Breteinse Wat 16.

 

Dono de um pé esquerdo espantoso, Pehlivan começou a sua carreira como médio ofensivo. Mas a pouco e pouco foi recuando no terreno de jogo até que se viu no miolo do relvado a pautar o ritmo das suas equipas. Transformado num pensador por excelência, o jovem Pehlivan tornou-se na grande sensação do futebol juvenil austriaco durante largos anos. Teve de esperar, no entanto, até cumprir os 20 para estrear-se na liga principal pelo Rapid Wien, clube que o contratou em 2003.

As notáveis exibições que logrou nas suas primeiras aparições foram uma verdadeira lufada de ar fresco num campeonato que vivia um duelo entre os grandes de Salzburg e Graz, bem longe do eixo central vienense. De tal forma que deu o salto à equipa de sub-21 austriaca, onde passou apenas três jogos antes que o seleccionador, Didi Constantini, o chamasse para a equipa principal. Pela Áustria disputou os últimos jogos de qualificação para o Mundial, a finais de 2009, e também os primeiros amigáveis de 2010, como titular no eixo do miolo austríaco.

A sua natural evolução dentro da liga austriaca começa a deixar antever que o futuro rapidamente passará por uma transferência para Alemanha ou Itália, local habitual de paragem da esmagadora maioria dos promissores austriacos. Poucos são os que, efectivamente, aguentam o ritmo competitivo de outra prova. Mas pouco também têm o dom de entusiasmar tanto um estádio como o jovem Pehlivan.

Ao contrário da Bélgica, outra selecção clássica em horas dificeis mas que conta com uma verdadeira geração de luxo, a Áustria depende muito do talento genuíno deste jovem para reestruturar a sua equipa nacional. A fase de apuramento para o próximo Europeu será a batuta sob a qual se medirá a sua real influência. A hora da verdade não está longe. 



Miguel Lourenço Pereira às 10:32 | link do post | comentar

.O Autor

Miguel Lourenço Pereira

Fundamental.
EnfoKada
Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


FUTEBOL MAGAZINE. revista de futebol online


Futebol Magazine


Traductor


Ultimas Actualizações

Toni Kroos, el Maestro In...

Portugal, começar de novo...

O circo português

Porta de entrada a outro ...

Os génios malditos alemãe...

Be right back

2014, um Mundial de parad...

Brasil vs Alemanha, o fim...

Di Stefano, o jogador mai...

Portugal, as causas da hu...

Últimos Comentários
ManostaxxGerador Automatico de ideias para topicos...
ManostaxxSaiba onde estão os seus filhos, esposo/a...
En el libro último de Carlos Daniel ni siquiera se...
.Xavi e o melhor jogador meio campista atual e da ...
.Xavi e o melhor jogador meio campista atual e da ...
Posts mais comentados
69 comentários
64 comentários
47 comentários
Arquivo
.Do Autor
Cinema
.Blogs Portugueses
4-4-2
A Outra Visão
Açores e o Futebol
Duplo Pivot
Foot in My Heart
Futebol Finance
Futebol Portugal
Lateral Esquerdo
Leoninamente
Minuto Zero
Negócios do Futebol
Pitons em Riste
Porta 19
Portistas de Bancada
Reflexão Portista
TreinadorFutebol
.Blogs Internacionais
Os mais destacados blogs internacionais de futebol
.Imprensa Desportiva
Edições Online Imprensa
Aviso

Podem participar nesta tertúlia futebolistíca enviando os vossos comentários e sugestões à direcção de correio electrónico: Miguel.Lourenco.Pereira@gmail.com


Bem Vindos a Em Jogo...


Nota



O Em Jogo informa os leitores que as fotos publicadas não são da autoria do weblog sendo que os seus respectivos direitos pertencem aos seus legítimos autores.



Siga o Em Jogo através do:

Follow Em_Jogo on Twitter


Em Jogo

Crea tu insignia

Bem vindo!

Categorias

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO