Quarta-feira, 4 de Agosto de 2010

Joachin Low deu forma à recente revolução da Bundesliga na última convocatória mundialista alemã. Mas ainda ficaram muitos nomes de fora. Nomes para o futuro com impacto imediato. Timo Gebhart é um dos casos mais sérios de crescimento acelerado. Filho da genial geração jovem do 1860 Munchen, tem agora a eterna rival Estugarda á espera do seu toque mágico.

O jovem Gebhart cresceu em Memminguem, pequena e bela cidade da Baviera, mas nunca revelou essa eterna predilecção pelo gigante Bayern tão habitual nos jovens do sul da Alemanha. A sua familia, de origens mais humildes, sempre teve uma particular admiração pelo histórico 1860. E foi para aí que o jovem partiu, em 2007, quando cumpriu os 18 anos e decidiu dedicar-se exclusivamente ao futebol. O clube, então na Bundesliga 2, aprovou a sua contratação, depois de uma semana de provas onde o jovem travou amizade com uma série de jogadores que se revelaram a nata da formação do clube bávaro dos últimos anos, como os irmãos Sven e Lars Bender, Alexander Eberlein ou Florian Jungwirth.

Com esta equipa extremamente jovem, Gebhart começou a encontrar o seu espaço. Arrancou a época como extremo direito, mas a variação táctica de 4-3-3 para 4-2-3-1, deslocou-o para a posição de falso avançado. A sua finta em velocidade rapidamente transformou-se numa imagem de marca, até porque Gebhart não precisou de muito para se tornar presença assidua na selecção da Alemanha de sub-17 e sub-19, apesar de actuar na segunda divisão do futebol germânico. Aí coincidiu com vários colegas do 1860, mas também com outras promessas do futebol germânico Em 2008 sagrou-se campeão da Europa, marcando o golo decisivo na final. Um titulo que anunciava a revolução que se preparava nas entranhas do futebol alemão.

 

A sua primeira época no 1860 Munchen não teve o sucesso esperado. O clube bávaro falhou a promoção por muito pouco, resultado talvez da excessiva juventude dos jogadores chave do plantel. Gebhart sofreu a acusação dos adeptos de jogar demasiado para o espectáculo, perdendo aquele toque de efectividade que já se reconheciam a outros craques da sua geração.

Apesar das criticas, certas em alguns casos, Timo continuou a sua evolução natural. Já com o titulo de campeão europeu no bolso, surgiu na máxima força no arranque da época 2008/2009 e voltou a mostrar a sua melhor arma. De tal forma que na paragem de Inverno o jogador foi transferido para o Estugarda. Aí coincidiu directamente com Christian Trasch, Thomas Hitzpleberger e Sami Khedira no miolo de jogo dos bávaros e sob a batuta de Markus Babbel começou a sofrer uma transformação táctica em tudo semelhante ao que pudemos seguir este ano com Bastian Schweinsteiger. Passou da ala para o eixo central, melhorou o seu remate de meia distância e transformou-se num jogador ofensivo com forte vocação defensiva. Fez parte da equipa que cavalgou pela tabela até chegar ao segundo lugar e no ano seguinte o jovem internacional disputou o seu primeiro encontro oficial na Champions League. A chegada de Hleb, por empréstimo, e a definitiva afirmação do seu amigo Khedira como médio de contenção afastaram-no da equipa titular, mas com o final de época voltou a recuperar algum do protagonismo.

A saída de Khedira do clube alemão abrirá as portas da titularidade ao jovem Gebhart. A sua ascensão tem sido rápida e prodigiosa, faltando agora dar o salto final rumo à Mannschafft. Com esta politica desportiva tudo indica que o jovem médio tem tudo para se assumir como uma das referências do jogo ofensivo alemão na próxima década.

 



Miguel Lourenço Pereira às 09:45 | link do post | comentar

2 comentários:
De Joao K. a 1 de Novembro de 2010 às 21:51
Já tive oportunidade de o ver jogar várias vezes, nota-se que é um jogador elegante de fino recorte técnico, no Estugarda costuma jogar mais encostado a uma ala, mas pela sua visão de jogo e capacidade de passe acho que podia jogar mais ao meio como playmaker, mas como Estugarda não joga com numero 10... Mas sem duvida, mais um nome a memorizar da nova geração teutónica.

Gosto muito de ler as tuas crónicas, gostava que escrevesses um post sobre a nova coqueluche da Alemanha, o prodigioso Mario Gotze. Fica a sugestão. Um abraço.


De Miguel Lourenço Pereira a 2 de Novembro de 2010 às 08:41
É um belissimo jogador com uma margem de manobra imensa e com o Trasch pode criar uma boa medular sem dúvida.

O Gotze está na lista de futuriveis entre os craques revistos. Um jogador com um potencial tremendo e um dos grandes responsáveis pelo renascimento do BD.

um abraço


Comentar post

.O Autor

Miguel Lourenço Pereira

Fundamental.
EnfoKada
Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


FUTEBOL MAGAZINE. revista de futebol online


Futebol Magazine


Traductor


Ultimas Actualizações

Toni Kroos, el Maestro In...

Portugal, começar de novo...

O circo português

Porta de entrada a outro ...

Os génios malditos alemãe...

Be right back

2014, um Mundial de parad...

Brasil vs Alemanha, o fim...

Di Stefano, o jogador mai...

Portugal, as causas da hu...

Últimos Comentários
ManostaxxGerador Automatico de ideias para topicos...
ManostaxxSaiba onde estão os seus filhos, esposo/a...
En el libro último de Carlos Daniel ni siquiera se...
.Xavi e o melhor jogador meio campista atual e da ...
.Xavi e o melhor jogador meio campista atual e da ...
Posts mais comentados
69 comentários
64 comentários
47 comentários
Arquivo
.Do Autor
Cinema
.Blogs Portugueses
4-4-2
A Outra Visão
Açores e o Futebol
Duplo Pivot
Foot in My Heart
Futebol Finance
Futebol Portugal
Lateral Esquerdo
Leoninamente
Minuto Zero
Negócios do Futebol
Pitons em Riste
Porta 19
Portistas de Bancada
Reflexão Portista
TreinadorFutebol
.Blogs Internacionais
Os mais destacados blogs internacionais de futebol
.Imprensa Desportiva
Edições Online Imprensa
Aviso

Podem participar nesta tertúlia futebolistíca enviando os vossos comentários e sugestões à direcção de correio electrónico: Miguel.Lourenco.Pereira@gmail.com


Bem Vindos a Em Jogo...


Nota



O Em Jogo informa os leitores que as fotos publicadas não são da autoria do weblog sendo que os seus respectivos direitos pertencem aos seus legítimos autores.



Siga o Em Jogo através do:

Follow Em_Jogo on Twitter


Em Jogo

Crea tu insignia

Bem vindo!

Categorias

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO