Domingo, 27 de Junho de 2010

Apesar de ser, justamente, uma das máximas potências do futebol mundial, os dois titulos mundiais conquistados pela Argentina ficaram marcados pela mão de Videla, o lider da Junta Militar de 1978, e pela mão de Diego Armando Maradona em 1986. Esta noite os argentinos têm mais uma mão "divina" a juntar á sua particular colecção. O México volta para casa com um bilhete carimbado directamente por Sepp Blatter, organizador de uma prova que teve de tudo até agora, menos futebol.

Estava a ser, na primeira ronda, o Mundial dos erros dos guarda-redes, da bola indomável e das irritantes vuvuzuelas.

Passou a ser o Mundial dos Europeus em desgraça e agora é, como em 2002, o Mundial da Arbitragens. Das más, subentenda-se. Depois do erro da tarde, no vibrante Inglaterra vs Alemanha (talvez o único jogo bom de toda a prova) foi a vez do italiano Rosseti decidir entrar na prova em grande. Um erro imenso da equipa de arbitragem ofereceu a uma pobre, muito pobre, Argentina, o golo inaugural. Um golo que custaria a chegar frente a um onze mexicano que estava a demonstrar ser um osso bem duro de roer. Três potentes remates, com Salcido como protagonista, deixaram Romero em suspenso e Maradona em desespero. O meio-campo sul-americano não encontrava o seu espaço e o jogo rápido dos mexicanos deixava nervoso o combinado celeste. E chegou Rosseti.

Um lance confuso na área, falta de Tevez sobre Perez não assinalada, e a bola nos pés de Leo Messi. O número 10, ausente de todo o jogo uma vez mais, pica a bola sobre a defesa para o golo mas Tevez desvia-a para as redes. Sozinho, com dois defesas atónicos atrás de si, espantados com a clara posição de off-side do argentino. Rossetti validou o golo, depois consultou o quarto árbitro e o fiscal de linha, enquanto o estádio via nos ecras gigantes a repetição do claro fora de jogo. Nem assim a equipa de arbitragem mudou de ideias. FIFA obliges.

 

Depois do erro imenso do arbitro chegou o erro da defesa mexicana.

Osorio, nervoso do primeiro ao ultimo instante, falhou um toque simples e entregou a bola a Gonzalo Higuain. O dianteiro do Real Madrid, totalmente ausente do jogo, driblou bem o guardião e não desperdiçou a oferta. Em cinco minutos, o árbitro e a inocência defensiva azteca tinham escancarado o apuramento dos argentinos para um quente duelo com a Alemanha. A mesma a quem Maradona ganhou um Mundial. A mesma que lhe devolveu, orgulhosa, o golpe, quatro anos depois.

O segundo tempo surgiu, como um pesadelo para os desalentados mexicanos. O golo, imenso esse sim, de Carlos Tevez, parecia ter morto de vez a eliminatória. Um remate estratosférico, fruto da insistência do jogador mais em forma do conjunto albiceleste. Depois foi substituido e saiu furioso com o seu técnico, sabendo que tinha o hat-trick a um golo. Tudo porque Messi, um fantasma, ficava em campo para marcar o seu primeiro golo na prova. E se Messi não marcava - nem jogava - já a jovem promessa mexicano, Javier Hernandez, rasgava, finalmente, as redes de Romero com um belo remate que deixava os sul-americanos em suspense. Teriam de sofrer, vinte minutos, da pressão mexicana. Que nunca chegou.

 

Com este resultado final a FIFA volta a ficar na mira dos mais criticos que vêm, e com razão, demasiadas semelhanças entre este Mundial e o de 2002, tristemente marcado pelas decisões arbitrais. Começa a parecer claro que o futebol continuará a ser prato ausente, e que a ideia de uma final Brasil vs Argentina ou Espanha, começa a forjar-se. A Alemanha, o Chile e Portugal têm a próxima palavra.


Categorias: ,

Miguel Lourenço Pereira às 20:51 | link do post | comentar

3 comentários:
De joao tiberio a 28 de Junho de 2010 às 00:21
Ainda sobre as histórias mais "escondidas" do futebol deixo o link para um artigo do jornalista Rui Miguel Tovar na minha revista PROJECTO10....

http://projecto10.pt/sm-tema.htm

espero que gostem como gosto deste blog...
um abraço,
joao


De manuel antonio a 28 de Junho de 2010 às 11:59
Que golaçooooooooo do Tevez! Assim da gosto ver!
Não tenho nada contra a selecçao da Argentina nem contra a campanha que se faz plo Messi...acho que os jogadores e que perdem com essas idiotices.
e, apesar do escandalo do primeiro golo, tenho as minhas reticencias em acreditar que alguem na FIFA torça plo Maradona x)

De resto, o México merecia ter aberto o jogo a ganhar e aí sim, teriamos um jogaço em vez de uma auto-estrada, que se abriu com o golo irregular. Agora, apesar da simpatia plo amorque el pibe tem pelo jogo, torço pelos alemaes.


De Miguel Lourenço Pereira a 28 de Junho de 2010 às 12:39
A FIFA não é muito amiga do Maradona, mas sempre conseguiu sobrepor as quizilias pessoais ao poder do marketing. E nao ha maior manobra de marketing do que a que se montou este Mundial á volta do Leo, no que seria o torneio da sua divinizaçao. Que nao está a ser, nem de longe nem de perto.

A Argentina até podia ter ganho o jogo, mas aquele golo destroçou um onze azteca que estava a ser melhor e mais organizado e que podia ter feito suar a albiceleste mais do que até agora teve realmente de encontrar. Contra a Alemanha será um jogo totalmente diferente. Quem vencer este duelo pode perfeitamente sonhar com o titulo.

um abraço


Comentar post

.O Autor

Miguel Lourenço Pereira

Fundamental.
EnfoKada
Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


FUTEBOL MAGAZINE. revista de futebol online


Futebol Magazine


Traductor


Ultimas Actualizações

Toni Kroos, el Maestro In...

Portugal, começar de novo...

O circo português

Porta de entrada a outro ...

Os génios malditos alemãe...

Be right back

2014, um Mundial de parad...

Brasil vs Alemanha, o fim...

Di Stefano, o jogador mai...

Portugal, as causas da hu...

Últimos Comentários
ManostaxxGerador Automatico de ideias para topicos...
ManostaxxSaiba onde estão os seus filhos, esposo/a...
En el libro último de Carlos Daniel ni siquiera se...
.Xavi e o melhor jogador meio campista atual e da ...
.Xavi e o melhor jogador meio campista atual e da ...
Posts mais comentados
69 comentários
64 comentários
47 comentários
Arquivo
.Do Autor
Cinema
.Blogs Portugueses
4-4-2
A Outra Visão
Açores e o Futebol
Duplo Pivot
Foot in My Heart
Futebol Finance
Futebol Portugal
Lateral Esquerdo
Leoninamente
Minuto Zero
Negócios do Futebol
Pitons em Riste
Porta 19
Portistas de Bancada
Reflexão Portista
TreinadorFutebol
.Blogs Internacionais
Os mais destacados blogs internacionais de futebol
.Imprensa Desportiva
Edições Online Imprensa
Aviso

Podem participar nesta tertúlia futebolistíca enviando os vossos comentários e sugestões à direcção de correio electrónico: Miguel.Lourenco.Pereira@gmail.com


Bem Vindos a Em Jogo...


Nota



O Em Jogo informa os leitores que as fotos publicadas não são da autoria do weblog sendo que os seus respectivos direitos pertencem aos seus legítimos autores.



Siga o Em Jogo através do:

Follow Em_Jogo on Twitter


Em Jogo

Crea tu insignia

Bem vindo!

Categorias

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO