Sábado, 19 de Junho de 2010

Este Mundial começa a ameaçar tornar-se num verdadeiro caso de sonolência compulsiva. Especialmente quando em campo estão equipas europeias com os galões de favoritos a escorregar do ombro. A Holanda junta-se a todas as outras equipas (com a excepção moral de uma Alemanha em sarilhos) que apresentam um jogo pobre, pouco eficaz e demasiado lento para este tipo de provas. Serviços minimos parece ser a palavra de ordem.

Se com a Dinamarca a Holanda beneficiou de um erro da defesa nos dois tentos, com o Japão só um remate de Sneijder pode travar os nipónicos de garantir o seu quarto ponto do torneio. Para lá se encaminhava um jogo lento, sem ritmo, e profundamente táctico. Nesse capitulo a culpa teve-a a equipa japonesa, bem colocada no terreno, organizada e sacrificada. Os japoneses pautaram o ritmo holandês com uma pressão a meio campo interessante que secou o jogo de passe entre os suspeitos de costume. Van Maarjwick não teve a coragem necessária para fazer as mudanças que se lhe pediam no final do encontro anterior, com Elia e Afellay abertos nas alas. Voltou a atulhar o jogo pelo eixo central e a organizada defesa japonesa fez o resto. Do outro lado Keisuke Honda dava alguns sustos á defesa Orange, mas nem assim parecia ser capaz de repetir o brilharete da jornada inaugural do torneio.

 

Com o segundo tempo repetiu-se o cenário e os artistas.

O Japão atacava pouco e sem muito critério e a Holanda perdia muitas bolas a meio e mostrava ter pouca garra á hora de atacar as redes de Kawashima. Van Persie continua a ser um erro de casting como o único avançado da equipa, e Kuyt e van der Vaart foram os grandes responsáveis pela falta de apoio no remate final. Dessa forma sabia-se que só um golpe de sorte, como no jogo inaugural, um um momento de génio, seria capaz de salvar esta Holanda. E assim foi.

Um remate espantoso de Wesley Sneijder, incoformista, mas sem ninguém com que se associar em rápidas transições, quebrou o gelo do encontro. O golo holandês não despertou o melhor rosto do Japão mas fez o seleccionador holandês refrescar a equipa com os homens certos. Elia, primeiro, e Afellay, foram dar outro ar ao jogo ofensivo holandês que reiquilibrou o jogo. No final os japoneses tentaram dar um ar da sua graça, mas o jogo estava decidido. A favor dos de sempre.

Com seis pontos a Holanda está praticamente qualificada para a próxima fase, sempre exibindo uns alarmantes serviços minimos. Já o Japão voltou a dar bons sinais e certamente irá disputar o apuramento com a Dinamarca no último encontro. Uma progressiva melhora dos nipónicos graças á organização do meio-campo e á rapidez de Honda pelo flanco. Um jogador com tudo para romper com os velhos esteriótipos que continuam a olhar para os orientais como personagem de banda desenhada.


Categorias: ,

Miguel Lourenço Pereira às 14:47 | link do post | comentar

.O Autor

Miguel Lourenço Pereira

Fundamental.
EnfoKada
Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


FUTEBOL MAGAZINE. revista de futebol online


Futebol Magazine


Traductor


Ultimas Actualizações

Toni Kroos, el Maestro In...

Portugal, começar de novo...

O circo português

Porta de entrada a outro ...

Os génios malditos alemãe...

Be right back

2014, um Mundial de parad...

Brasil vs Alemanha, o fim...

Di Stefano, o jogador mai...

Portugal, as causas da hu...

Últimos Comentários
ManostaxxGerador Automatico de ideias para topicos...
ManostaxxSaiba onde estão os seus filhos, esposo/a...
En el libro último de Carlos Daniel ni siquiera se...
.Xavi e o melhor jogador meio campista atual e da ...
.Xavi e o melhor jogador meio campista atual e da ...
Posts mais comentados
69 comentários
64 comentários
47 comentários
Arquivo
.Do Autor
Cinema
.Blogs Portugueses
4-4-2
A Outra Visão
Açores e o Futebol
Duplo Pivot
Foot in My Heart
Futebol Finance
Futebol Portugal
Lateral Esquerdo
Leoninamente
Minuto Zero
Negócios do Futebol
Pitons em Riste
Porta 19
Portistas de Bancada
Reflexão Portista
TreinadorFutebol
.Blogs Internacionais
Os mais destacados blogs internacionais de futebol
.Imprensa Desportiva
Edições Online Imprensa
Aviso

Podem participar nesta tertúlia futebolistíca enviando os vossos comentários e sugestões à direcção de correio electrónico: Miguel.Lourenco.Pereira@gmail.com


Bem Vindos a Em Jogo...


Nota



O Em Jogo informa os leitores que as fotos publicadas não são da autoria do weblog sendo que os seus respectivos direitos pertencem aos seus legítimos autores.



Siga o Em Jogo através do:

Follow Em_Jogo on Twitter


Em Jogo

Crea tu insignia

Bem vindo!

Categorias

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO