Domingo, 2 de Maio de 2010

Em 2002 a FIFA deu um imenso passo em frente e acabou com o duopólio Europa - América que regia os destinos do futebol mundial.  Ao organizar o maior evento desportivo Mundial no continente asiático, Sepp Blatter ajudou a acabar com um tabu de mais de 70 anos. Ficou prometido mais. África vê agora cumprir um velho sonho. 50 anos depois de darem um murro na mesa, os africanos têm o seu primeiro Mundial.

 

Quando a CAF se constituiu, a finais dos anos 50, poucos imaginavam que algum dia o "Continente Negro" acabaria por receber um Mundial.

Por essa época a esmagadora maioria do continente ainda era ocupado pelas grandes potências europeias. E dos poucos estados independentes, a África do Sul era posta de parte pelo seu regime racista de "Apartheid". Um cenário inimaginável o que estamos prestes a presenciar. Mas os sonhos são longos e como o horizonte, não têm fim. A primeira luta das nações africanas chamou-se CAN. Lograram-na ainda antes que a recém-criada UEFA tivesse tido oportunidade de populizar o "Euro". Depois chegou a luta por um lugar no Mundial. E dois, e três...a épica dos Camarões em 1990, a desilusão nigeriana oito anos depois e os irredutiveis guerreiros do Senegal em 2002. Os africanos tinham passado a transição da África do Magrebe, com os países da costa mediterrânea a ditar a ordem, para ser definitivamente a "África Negra". E apesar do domínio do Egipto na prova continental, o Mundo passou a olhar com outro respeito para as nações do centro-sul africano. Em 2006 poderia ter começado a festa mas as pressões europeias foram maiores e o sonho acabou adiado. Por quatro anos. Até agora.

 

Muitos criticaram a FIFA por escolher África para este Mundial.

Longe de tudo e de todos, com um sociedade instável, uma criminalidade elevada e vários problemas logisticos que se adivinham dificeis de ultrapassar, foi uma escolha arriscada. A Taça das Confederações, o habitual balão de ensaio da FIFA para estas provas, não foi um sucesso retumbante. A falta de adesão popular, a questão hoteleira, as largas viagens e, sobretudo, o clima, assustam os mais precavidos. Quatro tipos de climas diferentes, o confronto entre o frio e chuvoso ocidente e o tropical leste, o vento, a altitude...tudo entra numa dificil equação que as selecções, particularmente as europeias, terão de saber confrontar. Mas por ser uma aposta arriscada, o Mundial de 2010 tem tudo para funcionar. As expectativas estão em baixo. No ponto ideal para surpreender. Um pouco à semelhança do que se viveu em Portugal, em vésperas do Europeu de 2004. A resposta popular, o sucesso das infra-estruturas, os problemas logisticos. Tudo isso desapareceu sob um manto de espectáculo e vida. O mesmo se espera desta aventura imensa de um continente que se abraçará de forma efusiva. África sabe que, faça bem ou mal as coisas, em 2026 terá outro Mundial. Quando se cumprir a nova volta ao Mundo que promete passar por Brasil, uma nação europeia (Inglaterra provavelmente) e uma asiática (Russia e Austrália como favoritos), o Mundial voltará à savana. Aí muitos evocarão a lembrança do Mundial de Messi. Ou de Ronaldo. Ou de Xavi. Ou de Rooney. Ou de Kaká. Ou de Drogba. Ou de Ballack. Ou de...

 

Faltam 40 dias para arrancar a bola. Para que as suposições, dúvidas e criticas dêm um respiro ao jogo mais belo. Os relvados ganharão vida e transformarão cada desafio numa épica batalha sem vencedores nem vencidos. E com a eternidade como prémio mais apetecido. Para os africanos desta vez as imagens não vêm de um postal longinquo. Estão ali ao lado. Pela primeira vez! 



Miguel Lourenço Pereira às 21:19 | link do post | comentar

.O Autor

Miguel Lourenço Pereira

Fundamental.
EnfoKada
Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


FUTEBOL MAGAZINE. revista de futebol online


Futebol Magazine


Traductor


Ultimas Actualizações

Toni Kroos, el Maestro In...

Portugal, começar de novo...

O circo português

Porta de entrada a outro ...

Os génios malditos alemãe...

Be right back

2014, um Mundial de parad...

Brasil vs Alemanha, o fim...

Di Stefano, o jogador mai...

Portugal, as causas da hu...

Últimos Comentários
ManostaxxGerador Automatico de ideias para topicos...
ManostaxxSaiba onde estão os seus filhos, esposo/a...
En el libro último de Carlos Daniel ni siquiera se...
.Xavi e o melhor jogador meio campista atual e da ...
.Xavi e o melhor jogador meio campista atual e da ...
Posts mais comentados
69 comentários
64 comentários
47 comentários
Arquivo
.Do Autor
Cinema
.Blogs Portugueses
4-4-2
A Outra Visão
Açores e o Futebol
Duplo Pivot
Foot in My Heart
Futebol Finance
Futebol Portugal
Lateral Esquerdo
Leoninamente
Minuto Zero
Negócios do Futebol
Pitons em Riste
Porta 19
Portistas de Bancada
Reflexão Portista
TreinadorFutebol
.Blogs Internacionais
Os mais destacados blogs internacionais de futebol
.Imprensa Desportiva
Edições Online Imprensa
Aviso

Podem participar nesta tertúlia futebolistíca enviando os vossos comentários e sugestões à direcção de correio electrónico: Miguel.Lourenco.Pereira@gmail.com


Bem Vindos a Em Jogo...


Nota



O Em Jogo informa os leitores que as fotos publicadas não são da autoria do weblog sendo que os seus respectivos direitos pertencem aos seus legítimos autores.



Siga o Em Jogo através do:

Follow Em_Jogo on Twitter


Em Jogo

Crea tu insignia

Bem vindo!

Categorias

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO