Quarta-feira, 14 de Abril de 2010

Roma será sempre eterna mas a sua equipa de futebol há muito que se debate com um problema existencial bem mais complicado. Já lá vai quase uma década desde que Fabio Capello montou uma equipa de luxo que soube devolver aos gialorosso a alegria de sair à rua e festejar um titulo. Agora o tempo parece estar em suspenso, em contagem decrescente. Nunca o scudetto esteve tão perto.

 

Medo e ilusão. Dois sentimentos que caminham lado a lado na mente de cada adepto do clube da loba.

Depois de anos a tentar desafiar a hegemonia do Norte, pela primeira vez a AS Roma está no primeiro posto. A apenas cinco jogos do fim. O sonho do titulo está perto mas agora a pressão começa a ocupar as mentes embrigadas pela vitória frente à Atalanta. Que só funcionou porque o Inter de José Mourinho voltou, uma vez mais, a tropeçar quando menos se esperava. O conjunto de Milão há muito que parece estar desconcentrado da prova ligueira. De olhos postos no sonho de todos os neruazurri: a Champions.

Dessa obsessão vive também a recuperação do historico conjunto romano. No inicio do ano perdeu o técnico e a esperança. A equipa adormecia na parte baixa da tabela e havia sérias dúvidas sobre o futuro de figuras chave na estrutura da equipa. Totti, eterno capitão, à cabeça. A chegada de Claudio Ranieri, o eterno número dois, o homem que sempre falha na hora H, assustou os adeptos de um clube que viveu estes últimos anos sempre à sombra da eficácia do Inter. Mas com tempo e paciência as hostes voltaram a reunir-se debaixo do Coliseu. E a impossível recuperação ganhou forma. A ponto de assaltar uma liderança que nem AC Milan nem Juventus conseguiram roubar ao Il Speciale nos seus quase dois anos de mandato. Pela primeira vez desde a sua última etapa no Chelsea o português não depende de si mesmo. A euforia em Itália está ao rubro.

 

Ranieri apostou numa AS Roma rejuvenescida e com um espirito claramente ofensivo. E no entanto, a equipa vale pelo colectivo. Nenhum goleador no top 10. Mas muitos golos apontados nos últimos meses entre todos. Coisa rara.

Retirou a confiança a Doni nas redes e entregou-a a Julio Sérgio, um desconhecido brasileiro que hoje é o grande simbolo da estabilidade defensiva do conjunto do Olimpico. Numa linha defensiva alta brilham o jovem Marco Motta, o francês Philip Mexes, o argentino Burdisso e o noruguês Riise e a jovem promessa Andreoli. O meio campo, que perdeu o influente Aquilani no Verão, voltou a encontrar estabilidade sob o futebol directo e raçudo de De Rossi, Baptista, Perroti e Cassetti. As alas bem abertas com Brighi, Pizarro, Menez, Cerci e Taddei alargam o campo e cercam a defesa rival. Para a estocada final a dupla de gladiadores, os inevitáveis Totti-Vucinic. Uma dupla especial que conta, desde Janeiro, com a ajuda extra de Luca Toni, um goleador tardio que chegou para ficar. Uma equação simples de resultados imediatos. Imbatido desde o 28 de Outubro, o conjunto romano recuperou 14 pontos de atraso para o Inter. Uma vantagem histórica que estimula ainda mais uma massa adepta que há nove anos não sabe o que é ser campeã. Um feito que só logrou três vezes na sua centenária história. Da dúvida à adoração, Ranieri é o homem do momento em Itália. Depois de ter falhado com a Juventus, ataca agora o titulo que há muitos anos se lhe escapa com a improvável formação da capital. O técnico pede calma. Sabe que joga com uma velha raposa, uma equipa que reage melhor quando ferida no orgulho. Nos cinco encontros que faltam tudo pode suceder. O ponto de vantagem (mais a vantagem no confronto directo) é infima. Para já. Sabendo que Mourinho estará a 100% no duelo contra o Barcelona, a esperança dos gialorosso é precisamente que o clube do norte volte a tropeçar. Uma e outra vez. Para então poder festejar de novo na fonte de Trevi.

 

Há nove anos atrás Capello, o homem então caído em desgraça, provou que ninguém entendia melhor o calcio do que ele. Numa equipa em muito similar a esta, com os seus obreiros e carismáticos lideres, a AS Roma foi ultrapassando a imensa concorrência (AS Lazio, AC Milan, Juventus, Inter) e quando chegou ao topo não voltou a cair. Tinham passado 18 anos desde a última vez. Demasiado tempo. Agora os adeptos romanos têm cinco semanas de máxima tensão. A cidade imortal vive em suspenso. E cada minuto será, mais do que nunca, eterno.



Miguel Lourenço Pereira às 10:49 | link do post | comentar

.O Autor

Miguel Lourenço Pereira

Fundamental.
EnfoKada
Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


FUTEBOL MAGAZINE. revista de futebol online


Futebol Magazine


Traductor


Ultimas Actualizações

Toni Kroos, el Maestro In...

Portugal, começar de novo...

O circo português

Porta de entrada a outro ...

Os génios malditos alemãe...

Be right back

2014, um Mundial de parad...

Brasil vs Alemanha, o fim...

Di Stefano, o jogador mai...

Portugal, as causas da hu...

Últimos Comentários
ManostaxxGerador Automatico de ideias para topicos...
ManostaxxSaiba onde estão os seus filhos, esposo/a...
En el libro último de Carlos Daniel ni siquiera se...
.Xavi e o melhor jogador meio campista atual e da ...
.Xavi e o melhor jogador meio campista atual e da ...
Posts mais comentados
69 comentários
64 comentários
47 comentários
Arquivo
.Do Autor
Cinema
.Blogs Portugueses
4-4-2
A Outra Visão
Açores e o Futebol
Duplo Pivot
Foot in My Heart
Futebol Finance
Futebol Portugal
Lateral Esquerdo
Leoninamente
Minuto Zero
Negócios do Futebol
Pitons em Riste
Porta 19
Portistas de Bancada
Reflexão Portista
TreinadorFutebol
.Blogs Internacionais
Os mais destacados blogs internacionais de futebol
.Imprensa Desportiva
Edições Online Imprensa
Aviso

Podem participar nesta tertúlia futebolistíca enviando os vossos comentários e sugestões à direcção de correio electrónico: Miguel.Lourenco.Pereira@gmail.com


Bem Vindos a Em Jogo...


Nota



O Em Jogo informa os leitores que as fotos publicadas não são da autoria do weblog sendo que os seus respectivos direitos pertencem aos seus legítimos autores.



Siga o Em Jogo através do:

Follow Em_Jogo on Twitter


Em Jogo

Crea tu insignia

Bem vindo!

Categorias

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO