Segunda-feira, 8 de Março de 2010

Alex Ferguson antecipou-se à concorrência. E era preciso. De um momento para o outro um jovem central que há dois anos jogava numa equipa amadora tornou-se no foco de todas as atenções na Premier League. Com 20 anos Chris Smalling tem tudo para ser o novo patrão de Inglaterra.

 
A curta carreira de Smalling pode considerar-se um caso insólito. Uma verdadeira ascensão meteórica que não liga a lógicas. Em dois anos o jovem central passou de um modesto conjunto dos arredores de Londres para a ribalta da Premier. Por ele Ferguson, sempre cuidadoso nas negociações de novos jogadores, pagou cerca de 10 milhões de euros. Um valor insólito para um jogador com tão pouca experiência. Mas que já carrega nos ombros o fantasma da sucessão de Rio Ferdinand – cuja transferência para o Manchester United há seis anos bateu recordes mundiais – no eixo da defesa do Manchester United e, quem sabe, da selecção inglesa.
De momento Smalling vai continuar no Fulham até ao final do ano. Os jogos nas pernas fazem-lhe falta e o conjunto londrino precisa da sua eficácia para continuar a lutar por um posto europeu. Até hoje o central disputou 8 jogos pelos londrinos. Com registos notáveis desde a sua estreia oficial como titular, no passado mês de Dezembro. Rápido, com óptimo sentido de posicionamento, até na fisionomia o jovem se parece ao veterano Ferdinand. O destino parece ser bem mais dourado do que o jovem imaginava há uma década atrás.
 
Chris Smalling nasceu na vila de Greenwich, localidade mais celebre pelo meridiano que passa perto do centro da cidade do que propriamente pelo futebol. O jovem Smalling não teve portanto nenhum clube célebre onde jogar durante a sua infância e adolescência. Foi apurando o seu talento nos campeonatos escolares, representando a Kent em várias ocasiões. Numa delas chamou à atenção dos olheiros do Fulham. Depois de um ano de observações enquanto jogava ao serviço dos amadores de Maidstone United o Fulham finalmente propôs-lhe um contrato com a sua equipa de reservas. O jovem aceitou o desafio e em 2008 começou a treinar em Craven Cottage. Rapidamente se tornou na estrela da equipa júnior e foi começando a treinar com o onze principal. Com o mês de Maio de 2009 a chegar ao seu final, o técnico principal do Fulham, Roy Hogdson, convocou-o pela primeira vez para um jogo oficial. Entrou no minuto 77 para o lugar de Aaron Hughes e deixou boa impressão. No Verão seguinte foi promovido à primeira equipa de forma definitiva. Com o Fulham apurado para a Europe League, o central teve direito à sua estreia europeia frente ao CSKA Sofia em Setembro. Teve de esperar dois meses até se estrear como titular na Premier League. Foi frente ao Chelsea e acabou por ser um auto-golo seu a ditar o triunfo dos Blues no derby londrino. Mesmo assim não voltou a sair da equipa.
 
Como é normal foram vários os tubarões que começaram a rondar Craven Cottage. E o faro de Ferguson, que acabava de perder para o Real Madrid o espanhol Canales, outra jovem promessa, fez o Manchester United avançar para a sua contratação. Com a idade de Ferdinand e os rumores da saída do sérvio Vidic, não surpreendente que rapidamente Smalling se junte a Johnny Evans como o futuro da linha defensiva dos Red Devils. Dando tempo ao tempo o futuro pertence-lhe naturalmente. Ele, que se estreou pelos sub21 dos Pross contra Portugal, é mesmo o central inglês do futuro.


Miguel Lourenço Pereira às 14:07 | link do post | comentar

.O Autor

Miguel Lourenço Pereira

Fundamental.
EnfoKada
Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


FUTEBOL MAGAZINE. revista de futebol online


Futebol Magazine


Traductor


Ultimas Actualizações

Toni Kroos, el Maestro In...

Portugal, começar de novo...

O circo português

Porta de entrada a outro ...

Os génios malditos alemãe...

Be right back

2014, um Mundial de parad...

Brasil vs Alemanha, o fim...

Di Stefano, o jogador mai...

Portugal, as causas da hu...

Últimos Comentários
En el libro último de Carlos Daniel ni siquiera se...
.Xavi e o melhor jogador meio campista atual e da ...
.Xavi e o melhor jogador meio campista atual e da ...
Ya existe Avenida Eusebio, Estadio da Luz; NO EXIS...
¡Suerte....!
Posts mais comentados
69 comentários
64 comentários
47 comentários
Arquivo
.Do Autor
Cinema
.Blogs Portugueses
4-4-2
A Outra Visão
Açores e o Futebol
Duplo Pivot
Foot in My Heart
Futebol Finance
Futebol Portugal
Lateral Esquerdo
Leoninamente
Minuto Zero
Negócios do Futebol
Pitons em Riste
Porta 19
Portistas de Bancada
Reflexão Portista
TreinadorFutebol
.Blogs Internacionais
Os mais destacados blogs internacionais de futebol
.Imprensa Desportiva
Edições Online Imprensa
Aviso

Podem participar nesta tertúlia futebolistíca enviando os vossos comentários e sugestões à direcção de correio electrónico: Miguel.Lourenco.Pereira@gmail.com


Bem Vindos a Em Jogo...


Nota



O Em Jogo informa os leitores que as fotos publicadas não são da autoria do weblog sendo que os seus respectivos direitos pertencem aos seus legítimos autores.



Siga o Em Jogo através do:

Follow Em_Jogo on Twitter


Em Jogo

Crea tu insignia

Bem vindo!

Categorias

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO