Quarta-feira, 3 de Março de 2010

60 golos de um jogador numa só temporada é ainda um recorde que nenhuma grande liga pode orgulhar-se de ter. A First Division inglesa vivia a sua primeira era de ouro quando William Ralph Dean, que a história conhece como "Dixie" se tornou no primeiro goleador da história do belo jogo. O homem que morreu há 30 anos no mesmo estádio onde brilhou é ainda hoje o mais eficaz avançado da história do futebol britânico.

Hoje poucos são os avançados que terminam o ano com mais de 20 golos. Os grandes goleadores conseguem, por vezes, roçar a casa dos 30. E por aí vamos ficando. Talvez por isso seja mais impactante viajar no tempo até aos dias em que um alegre avançado interior do Everton marcava 60 golos numa só temporada. Um êxito que não foi isolado. Durante dez anos William "Dixie" Dean foi o melhor avançado do Mundo. Uma máquina de fazer golos que não encontrava rival nos dois lados do Atlântico e que o tornaram na primeira grande estrela do futebol inglês. Desde o dia em que entrou pela primeira vez no Goodison Park até à sua despedida, dez anos depois, Dean apontou 383 golos. No total de 433 jogos, uma média quase inalcançável de 0,87 golos por jogo. A carreira do dianteiro não começou nem acabou no clube de Liverpool mas foi aí que viveu os melhores e piores momentos da sua carreira.

 

Dean nasceu na pequena Birkenhead, perto de Liverpool. A alcunha "Dixie" ganhou-a quando era pequeno, um verdadeiro diabrete nas ruas da sua terra natal. Com 16 anos Dean entrou ao serviço do Tranmere Rovers onde ficou até 1925. Foi ai que o Everton decidiu contratá-lo, pensando em deixá-lo a jogar um par de anos na equipa de reservas. Mas uma praga de lesões levou-o a estrear-se pela equipa principal em Outubro e nunca mais perdeu o lugar. No seu primeiro ano como profissional apontou 32 golos e tornou-se no melhor marcador da First Division. 

No ano seguinte um acidente de moto quase que lhe custou a vida. Dixie Dean sobreviveu apenas com um queixo fracturado graças ao capacete que levava na cabeça mas acabou por perder grande parte da temporada. Voltaria em força no ano seguinte atingindo a histórica marca de 60 golos numa só época. Naturalmente o Everton sagrou-se campeão. No entanto, dois anos depois, os toffes viram-se relegados para a Second Division. Ao contrário de muitos dos colegas, que trocaram Goodison Park por equipas de primeira, Dean decidiu ficar. Foi decisivo na conquista do título e sagrou-se melhor marcador da segunda divisão dando início a um titulo histórico e até hoje inalcançável. Durante 1 ano e meio o Everton manteve-se praticamente invicto. Venceu em 1931 a Second Division e no ano seguinte a First Division e a FA Cup. Em 60 jogos perdeu dois. E Dean, já capitão, voltou a sagrar-se melhor marcador. Tinha atingido o zénite da sua carreira desportiva.

 

Depois de um par de anos em que o Arsenal de Herbert Chapman superou o Everton, o avançado foi deixado para segundo plano pelo novo staff técnico. Insatisfeito com a pouca utilização, Dean preferiu sair do clube em 1937, assinando então pelo histórico Notts County. Depois da experiência no centro de Inglaterra mudou-se para a Irlanda, onde se tornou na vedeta do modesto campeonato irlandês ao serviço do Sligo Rovers. E depois, quando finalmente pousou as chuteiras, Dean assumiu com naturalidade o seu papel de civil. O futebol inglês já era profissionalizado mas os rendimentos não davam para uma larga vida sem inquietudes. Dean passou a trabalhar como porteiro com a mesma naturalidade com que desfeiteava as redes dos rivais. O homem com mais hat-tricks da história da First Division (37) e conhecido por ter inventado o conceito de "Poker", ou seja, quatro golos num só jogo, foi sempre um exemplo no meio. Nunca acabou admonestado e foi internacional por 16 vezes. Marcou 18 golos pelos Pross apesar de nunca ter estado numa grande competição devido à politica desportiva de então da FA.

Como a vida é traiçoeira, Dixie Dean morreu onde sempre brilhou. Em Goodison Park. O histórico avançado estava na bancada no fatidico 1 de Março de 1980, quando o Liverpool apontou o segundo golo que lhe permitiu bater o Everton. Um fatal ataque cardíaco acabou com a vida do mais eficaz goleador da história do futebol britânico. Um desses nomes que só a memória do tempo é incapaz de esquecer.

 



Miguel Lourenço Pereira às 14:35 | link do post | comentar

.O Autor

Miguel Lourenço Pereira

Fundamental.
EnfoKada
Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


FUTEBOL MAGAZINE. revista de futebol online


Futebol Magazine


Traductor


Ultimas Actualizações

Toni Kroos, el Maestro In...

Portugal, começar de novo...

O circo português

Porta de entrada a outro ...

Os génios malditos alemãe...

Be right back

2014, um Mundial de parad...

Brasil vs Alemanha, o fim...

Di Stefano, o jogador mai...

Portugal, as causas da hu...

Últimos Comentários
En el libro último de Carlos Daniel ni siquiera se...
.Xavi e o melhor jogador meio campista atual e da ...
.Xavi e o melhor jogador meio campista atual e da ...
Ya existe Avenida Eusebio, Estadio da Luz; NO EXIS...
¡Suerte....!
Posts mais comentados
69 comentários
64 comentários
47 comentários
Arquivo
.Do Autor
Cinema
.Blogs Portugueses
4-4-2
A Outra Visão
Açores e o Futebol
Duplo Pivot
Foot in My Heart
Futebol Finance
Futebol Portugal
Lateral Esquerdo
Leoninamente
Minuto Zero
Negócios do Futebol
Pitons em Riste
Porta 19
Portistas de Bancada
Reflexão Portista
TreinadorFutebol
.Blogs Internacionais
Os mais destacados blogs internacionais de futebol
.Imprensa Desportiva
Edições Online Imprensa
Aviso

Podem participar nesta tertúlia futebolistíca enviando os vossos comentários e sugestões à direcção de correio electrónico: Miguel.Lourenco.Pereira@gmail.com


Bem Vindos a Em Jogo...


Nota



O Em Jogo informa os leitores que as fotos publicadas não são da autoria do weblog sendo que os seus respectivos direitos pertencem aos seus legítimos autores.



Siga o Em Jogo através do:

Follow Em_Jogo on Twitter


Em Jogo

Crea tu insignia

Bem vindo!

Categorias

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO