Terça-feira, 16 de Fevereiro de 2010

O dinheiro, uma vez mais, falou mais alto. A UEFA voltou a baralhar e dar cartas e os Oitavos de Final da Champions League estão aí, com mais uma novidade. Oito jogos divididos por duas semanas. Quatro dias. Mais televisão. Mais tempo de recuperação. Mais emoção. Melhor espectáculo? Começa o sprint final rumo ao ceptro que todos querem mas a que poucos conseguem realmente chegar.

 

Acabaram-se as grandes noites europeias com quatro jogos de um golpe só. Os adeptos podem ficar tranquilos nas suas casas e garantir que, em lugar de um jogo, podem ver quatro. Uma prenda de Michel Platini que as televisões agradecem. E muitos adeptos também. A prova rainha do futebol europeu entra na sua fase decisiva. Depois de uma curta maratona passamos aos sprints onde a margem de erro é nula. São 16 equipas que rapidamente serão 8, que ainda mais depressa passarão a 4 até ficarem duas. Uma. A que conta. A campeã. Na final do Santiago Bernabeu, agendada lá para os fins de Maio na capital espanhola, espera-se emoção e novidades. E muito provavelmente, uma mudança de ciclo. O Manchester United provou, no ano passado, que a maldição continua bem viva. Que o campeão, desde o AC Milan de 1990, nunca retém o trofeu. Nunca repete a glória. Um aviso ao Barcelona. Um aviso realista. A equipa de Pep Guardiola não tem, de longe, o mesmo nivel qualitativo de há um ano. E vive marcada pelas lesões, resultado de uma longa época e de um plantel demasiado curto. O seu jogo contra o Stuttgart até pode parecer, no papel, o mais fácil dos oito. Mas este Barça não é tão mágico e Xavi continua a ser fundamental. E sem ele para as próximas três semanas tudo pode passar.

 

O sorteio ditou duelos desiguais. Por um lado jogos de pesos plumas que, por sorte do sorteio, têm já quase garantido um posto nos desejados Quartos de Final. O Sevilla-CKSA Moscow pode confirmar o bom momento europeu dos espanhois a clara melhoria do futebol russo. O Fiorentina-Bayern Munchen é um teste sério à ambição bávara mas também a hipótese dos italianos emendarem uma época doméstica desastrosa. Quanto aos franceses do Girondins de Bordeaux, os melhores da primeira fase, terão de superar o inferno grego para derrotar o Olimpiakos para fazer história. Mas estes são os jogos que poucos irão querer ver. Especialmente quando os outros titãs são forçados a defrontar-se já, longe da grande final.

É o caso do anfitrião. O Real Madrid é eliminado, há cinco anos consecutivos, nos Oitavos de Final. Uma sina que tem marcado profundamente os adeptos merengues. Este ano, com uma nova fornada de Galácticos, e com a final em casa, querem ir longe. Até à Décima. O Olympique de Lyon seria, há uns anos, um osso demasiado duro de roer. Hoje parece ser um rival mais dócil. Mas apetecível. Mas o futebol engana e a primeira fase da Champions mostrou um Real demasiado irregular. Hoje começa o tira-teimas. Tal como sucederá com o FC Porto. Numa das piores épocas domésticas dos últimos vinte anos, o FC Porto procura na Europa a salvação. O Arsenal é um adversário temivel mas com demasiados pontos fracos para assumir um ataque ao titulo europeu. O que falta a Wenger. O duelo parece mais equilibrado do que aparenta no papel, mas será a estaleca europeia dos azuis e brancos a decidir para onde penderá o apuramento.

Para o fim ficam os dois duelos suicidas, os que privarão a prova de dois dos seus mais ilustres participantes. Dois candidatos claros que vão para casa. Já. Sem hipótese de emendar o erro. Um duelo anglo-italiano que marca duas eras da prova, os dominadores da última década com os reis dos anos 80 e 90. Por um lado o AC Milan de Leonardo, com um Ronaldinho que levanta sempre dúvidas e um Beckham que continua a viver do marketing que o rodeia. Do outro a velha raposa de Old Trafford e o jogador mais em forma da actualidade, Wayne Rooney. O vice-campeão europeu é favorito, mas há três anos foi superior. Só que entretanto Fergusson tornou-se mais italiano e o AC Milan menos competitivo. O resultado começa a desenhar-se hoje mas será dificil travar a luta do escocês pelo seu terceiro titulo europeu. Quem também procura a terceira taça é Carlo Ancelloti. O homem que precisamente bateu Ferguson nessa edição procura agora bater José Mourinho. O português, que diz conhecer ao detalhe o Chelsea, que ele ajudou a formar, terá de provar que o seu Inter é forte suficiente para aguentar com a melhor máquina futebolistica da Europa. Os ingleses são favoritos e no entanto podem cair já da luta. Depende de como Mourinho orientar a sua equipa. No ano passado esteve perto de fazer cair o favorito Man Utd. Este ano um enorme ponto de interrogação rodeia San Siro. Será possível um milagre quase impossível. Com Mourinho tudo pode passar.

Serão quatro semanas, dezasseis jogos. A meio de Março já se conhecerãos últimos 8. Forçosamente haverá favoritos fora. Forçosamente haverá surpresas. Forçosamente se começara a antecipar a grande final. Forçosamente haverá grande futebol. É assim a prova que realmente merece um hino de cortar a respiração.



Miguel Lourenço Pereira às 11:39 | link do post | comentar

.O Autor

Miguel Lourenço Pereira

Fundamental.
EnfoKada
Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


FUTEBOL MAGAZINE. revista de futebol online


Futebol Magazine


Traductor


Ultimas Actualizações

Toni Kroos, el Maestro In...

Portugal, começar de novo...

O circo português

Porta de entrada a outro ...

Os génios malditos alemãe...

Be right back

2014, um Mundial de parad...

Brasil vs Alemanha, o fim...

Di Stefano, o jogador mai...

Portugal, as causas da hu...

Últimos Comentários
ManostaxxGerador Automatico de ideias para topicos...
ManostaxxSaiba onde estão os seus filhos, esposo/a...
En el libro último de Carlos Daniel ni siquiera se...
.Xavi e o melhor jogador meio campista atual e da ...
.Xavi e o melhor jogador meio campista atual e da ...
Posts mais comentados
69 comentários
64 comentários
47 comentários
Arquivo
.Do Autor
Cinema
.Blogs Portugueses
4-4-2
A Outra Visão
Açores e o Futebol
Duplo Pivot
Foot in My Heart
Futebol Finance
Futebol Portugal
Lateral Esquerdo
Leoninamente
Minuto Zero
Negócios do Futebol
Pitons em Riste
Porta 19
Portistas de Bancada
Reflexão Portista
TreinadorFutebol
.Blogs Internacionais
Os mais destacados blogs internacionais de futebol
.Imprensa Desportiva
Edições Online Imprensa
Aviso

Podem participar nesta tertúlia futebolistíca enviando os vossos comentários e sugestões à direcção de correio electrónico: Miguel.Lourenco.Pereira@gmail.com


Bem Vindos a Em Jogo...


Nota



O Em Jogo informa os leitores que as fotos publicadas não são da autoria do weblog sendo que os seus respectivos direitos pertencem aos seus legítimos autores.



Siga o Em Jogo através do:

Follow Em_Jogo on Twitter


Em Jogo

Crea tu insignia

Bem vindo!

Categorias

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO