Terça-feira, 2 de Fevereiro de 2010

Maradona sonhava à noite que estava só no relvado de um La Bombonera vazio. E isso aterrorizava-o. Normal. Imaginar aquele que é provavelmente o maior santuário futebolistico da América Latina vazio é algo angustiante. Porque poucos estádios têm uma alma tão grande como a mitica "cancha" buenairense.

O nome do estádio mitico do futebol argentino é bem distinto daquele porque se conhece em qualquer canto do Mundo. Aquelas bancadas a cair sobre o relvado. As grades, inevitáveis para controlar uma multidão que ultrapassa muitas vezes o limite do entusiasmo. As redes brancas e sempre repleta de confetis que voam ao largo de 90 minutos. Traços distintivos de um santuário único que tem direito a cemitério próprio para os mais indefectiveis apaixonados de um edificio que é mais do que uma catedral. É o próprio Eden.

E no entanto se falamos do estádio Alberto J. Armando ninguém o consegue localizar no tempo e espaço. Mudemos o apelido e tudo muda. Coisas da vida. A imagem transporta-nos para essas noites loucas dos derbys de la Plata. Esses duelos encarniçados entre o River Plate e o Boca Juniores. Passam imagens de todos os grandes da história xeneize. E o porto de La Boca agita-se a cada movimento nas bancadas. Um tremor de terra que dá cor e luz à capital argentina.

 

O estádio conhecido por La Bombonera foi construido em 1940. Só que os terrenos já pertenciam ao Boca Juniores desde 1918. Foram precisas mais de duas décadas para erguer o terreno. O Bairro de La Boca invadiu o recinto para o seu primeiro desafio mas só em 1953 se completaram todas as obras do recinto que permitiram chegar a uma capacidade de 70 mil adeptos. Com o passar dos anos as questões de segurança obrigaram o recinto a ver reduzida a sua capacidade para 58 mil espectadores. Era a época de ouro do conjunto buenarense e os adeptos fervilhavam de emoção. Para a história ficaram as exibições miticas de Maradona, a tristeza local quando o estádio ficou de fora dos elegidos para o Mundial de 78, os protestos dos adeptos com as sucessivas vendas das grandes estrelas para a Europa e as várias Libertadores celebradas no relvado pelos herois do bairro mais pobre e miserável de Buenos Aires. Pedaços de história que sempre tiveram como denominador comum um recinto que foi sempre mais do que um estádio, um relvado com vida própria capaz de extender os seus tentáculos pelo coração da terra.

O contorno mitico do estádio deveu-se também às poucas derrotas sofridas em casa pelo Boca Juniores face aos seus maiores rivais. De tal forma que só há cinco equipas que se podem vangloriar de terem aí vencido um campeonato, para desespero dos adeptos xeneizes. Hoje o La Bombonera prepara-se para uma nova expansão porque, apesar das melhoras, o estádio ainda detém algumas lacunas graves. Só que nenhum dirigente se atreve a propor construir um novo recinto. Matar La Bombonera era matar a alma do povo argentino. E os edificios destroem-se. As almas não!

 



Miguel Lourenço Pereira às 09:01 | link do post | comentar

.O Autor

Miguel Lourenço Pereira

Fundamental.
EnfoKada
Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


FUTEBOL MAGAZINE. revista de futebol online


Futebol Magazine


Traductor


Ultimas Actualizações

Toni Kroos, el Maestro In...

Portugal, começar de novo...

O circo português

Porta de entrada a outro ...

Os génios malditos alemãe...

Be right back

2014, um Mundial de parad...

Brasil vs Alemanha, o fim...

Di Stefano, o jogador mai...

Portugal, as causas da hu...

Últimos Comentários
ManostaxxGerador Automatico de ideias para topicos...
ManostaxxSaiba onde estão os seus filhos, esposo/a...
En el libro último de Carlos Daniel ni siquiera se...
.Xavi e o melhor jogador meio campista atual e da ...
.Xavi e o melhor jogador meio campista atual e da ...
Posts mais comentados
69 comentários
64 comentários
47 comentários
Arquivo
.Do Autor
Cinema
.Blogs Portugueses
4-4-2
A Outra Visão
Açores e o Futebol
Duplo Pivot
Foot in My Heart
Futebol Finance
Futebol Portugal
Lateral Esquerdo
Leoninamente
Minuto Zero
Negócios do Futebol
Pitons em Riste
Porta 19
Portistas de Bancada
Reflexão Portista
TreinadorFutebol
.Blogs Internacionais
Os mais destacados blogs internacionais de futebol
.Imprensa Desportiva
Edições Online Imprensa
Aviso

Podem participar nesta tertúlia futebolistíca enviando os vossos comentários e sugestões à direcção de correio electrónico: Miguel.Lourenco.Pereira@gmail.com


Bem Vindos a Em Jogo...


Nota



O Em Jogo informa os leitores que as fotos publicadas não são da autoria do weblog sendo que os seus respectivos direitos pertencem aos seus legítimos autores.



Siga o Em Jogo através do:

Follow Em_Jogo on Twitter


Em Jogo

Crea tu insignia

Bem vindo!

Categorias

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO